Domingo, 19 de maio de 2019

ISSN 1983-392X

Boletim jurídico

Celebração de uma advocacia mais humanista

Prestigiaram o lançamento ministros, desembargadores, juristas, professores e advogados.

terça-feira, 3 de maio de 2016

No último dia 15, em Curitiba, a advocacia mais humanista e a comunidade acadêmica foram os grandes homenageados no evento de lançamento do boletim jurídico do bureau Fachin Advogados Associados.

Prestigiaram o lançamento ministros, desembargadores, juristas, professores e advogados de vários estados, que foram recepcionados pelos sócios do escritório Marcos Alberto Rocha Gonçalves, Carlos Eduardo Pianovski Ruzyk e Melina Girardi Fachin. O evento marcou o início das comemorações dos 10 anos do escritório.

O boletim reúne artigos produzidos pela equipe do bureau Fachin Advogados Associados e aborda temas como o
novo CPC, Direito Internacional, Direitos Humanos, Direito Constitucional, Lei Anticorrupção, entre outros. O prefácio da publicação foi escrito pelo excelentíssimo ministro Sidnei Beneti, ministro aposentado do STJ.

"Senti-me extremamente honrado de ser convidado para fazer a apresentação do boletim", disse o ministro Beneti durante o evento. "O boletim tem um caráter democratizador do conhecimento jurídico, esclarecendo situações além do círculo de pessoas ligadas ao escritório", comentou o ministro. Ao escrever o prefácio, Sidnei Beneti contou que fez um retrospecto de sua vida no campo jurídico para refletir o que representa o escritório de advocacia, "é realmente o local em que se semeia a justiça".

Para o professor Gustavo Tepedino, este boletim é reflexo dessa advocacia feita pelo escritório, profundamente humanista que associa bases teóricas com a prática jurídica, preocupada com a ética e pelo ‘por vir‘.

"O boletim é um retrato desses 10 anos do escritório e projeção do que ele pretende fazer através dessa advocacia séria e artesanal, que traga para o centro das atenções a pessoa humana e, não somente as necessidades dos clientes, mas as necessidades institucionais da sociedade."

"Sinto saudades do tempo da advocacia", confidenciou aos presentes o ministro do STF Luiz Edson Fachin. Desligado do escritório que fundou desde que assumiu a cadeira de ministro do STF, há 10 meses, o ministro Fachin disse que ficou extremamente feliz com a "passagem de bastão" que fez para os atuais sócios do bureau e satisfeito com as funções que eles estão desempenhando à frente do escritório. "Enalteço a atividade na advocacia, uma atividade que não nos faz despachantes de papéis, assim como juízes também não são despachantes de papéis, mas nós interagimos com a vida".

____________________

leia mais

patrocínio

Bradesco VIVO
Advertisement

últimas quentes