Terça-feira, 26 de março de 2019

ISSN 1983-392X

Livre concorrência

Ministério da Justiça investiga seguradoras.

sexta-feira, 8 de agosto de 2003

Livre concorrência

A SDE (Secretaria de Direito Econômico), ligada ao Ministério da Justiça, vai investigar a suspeita de que um grupo de seguradoras de automóveis estaria impondo a seus clientes uma lista única de oficinas autorizadas a prestar serviços. A prática seria classificada como conduta anticoncorrencial.

A denúncia foi feita à SDE pela Abrive (Associação dos Reparadores de Veículos). Segundo a associação, esse grupo de 19 seguradoras não só estaria elaborando, conjuntamente, a lista de oficinas credenciadas como também teria estabelecido uma espécie de "lista negra", que conteria os nomes das oficinas que seriam incapazes de atender os segurados.

Como conseqüência, afirma a Abrive, essas seguradoras estariam impondo uma tabela única com valores repassados às oficinas pelos serviços prestados aos segurados.

A SDE encaminhou ainda ao DPDC (Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor) a denúncia de que as seguradoras estariam exigindo das oficinas credenciadas a utilização de peças usadas ou roubadas no reparo dos veículos.

_________________

Lista das empresas investigadas pela SDE:

AGF Brasil Seguros S.A., Marítima Cia. de Seguros Gerais, Finasa Seguradora S.A., General Accident Cia. de Seguros, Generalli do Brasil Cia. Nacional de Seguros, J. Malucelli Seguradora S.A., Cia. de Seguros Minas Brasil, Nacional Cia. de Seguros, Novo Hamburgo Cia. de Seguros Gerais, Cia. Paulista de Seguros, Porto Seguro Cia. de Seguros Gerais, UAP Seguros Brasil S.A., Cia. União Seguros Gerais, Itaú, Vera Cruz Seguradora S.A., Unibanco, Bradesco, Real e Sul América.

__________________

informativo de hoje

patrocínio

Bradesco

últimas quentes