Quinta-feira, 19 de setembro de 2019

ISSN 1983-392X

Família de Baumgarten fica sem indenização

sexta-feira, 2 de junho de 2006


Indenização negada


Família de Baumgarten fica sem indenização


A Comissão de Mortos e Desaparecidos, vinculada à Secretaria Especial de Direitos Humanos do governo, negou por unanimidade indenização à família do jornalista Alexandre Von Baumgarten, encontrado morto em 25 de outubro de 1982. O coronel João Batista Fagundes, representante das Forças Armadas e relator do caso, não reconheceu a culpa do Estado pela morte.

A família do jornalista alegou que ele morreu em decorrência de suas atividades políticas e foi perseguido. Ele foi dono da revista “O Cruzeiro”, que comprou em 1979, mas acabou falindo. Para tentar salvar a publicação, teria negociado com o extinto Serviço Nacional de Informações (SNI) anúncios em troca de reportagens favoráveis à ditadura. Mas o relator do caso sustentou que não há evidência de que o regime militar foi o responsável pela morte do jornalista. Afirmou que Baumgarten não tinha militância contra a ditadura e que, pelo contrário, era simpatizante do regime.

______________

patrocínio

Bradesco VIVO

últimas quentes