Sexta-feira, 23 de agosto de 2019

ISSN 1983-392X

Comissão analisa projeto que exige que Receita Federal restitua IR no mesmo ano

X

segunda-feira, 19 de junho de 2006


CAE

Comissão analisa projeto que exige que Receita Federal restitua IR no mesmo ano


A CAE reúne-se amanhã para examinar uma pauta com 23 projetos, entre eles um do senador Rodolpho Tourinho (PFL-BA) que determina que a Receita Federal restitua, até o último dia útil do ano, o imposto pago a mais pelas pessoas físicas ao preencher suas declarações de renda no início do ano. Pela proposta, a Receita pagaria multa de 0,33% ao dia caso a devolução ocorra a partir de janeiro do ano seguinte.


A proposta tramita de forma conjunta com um projeto do senador Pedro Simon (PMDB-RS), que tem o mesmo objetivo. O senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG), indicado relator das matérias, apresentou uma proposta substitutiva, acrescentando que a pessoa que entregar sua declaração de renda com atraso não terá o benefício de receber a restituição no mesmo ano. Detalhe: a restituição não isentará o declarante de multas caso o Fisco encontre mais tarde alguma irregularidade na declaração.


A CAE examinará no mesmo dia projeto do senador Paulo Paim (PT-RS) que estende aos titulares do Benefício de Prestação Continuada (BPC) a prerrogativa de tomar empréstimo bancário consignado em folha de pagamento, a exemplo dos aposentados e pensionistas do INSS. O PBC foi criado pela Constituição de 1988 ebeneficia com um salário mínimo, via INSS, toda pessoa que completa 67 anos no país e não tem condições econômicas para sua própria manutenção. Também têm direito ao BPC pessoas portadoras de deficiência. O relator do projeto é o senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA), que apresentou parecer favorável.


A CAE adiou, para data ainda não escolhida, nova audiência pública que faria amanhã com quatro governadores e autoridades do governo sobre a regulamentação da Lei Kandir, que compensa estados exportadores por suas isenções de impostos nas exportações. Também foi adiada audiência pública, inicialmente também prevista para amanhã, com o ministro das Cidades, Márcio Fortes de Almeida.
____________

patrocínio

Bradesco VIVO
Advertisement

últimas quentes