Segunda-feira, 27 de maio de 2019

ISSN 1983-392X

Prefeito de Cuiabá pede ajuda ao presidente do TJ/MT para receber dívidas de execuções fiscais

X

terça-feira, 27 de junho de 2006

Arrecadação

Prefeito de Cuiabá pede ajuda ao presidente do TJ/MT para receber dívidas de execuções fiscais

O prefeito de Cuiabá, Wilson Santos, acompanhado dos secretários municipais Ronaldo Taveira (Governo e Comunicação), José Antônio Rosa (Procuradoria-Geral) e José Bussiki de Figueiredo (Finanças), esteve na manhã de sexta-feira (23/6) no gabinete do Presidente do TJ/MT, Desembargador José Jurandir de Lima, para solicitar auxílio do Poder Judiciário quanto ao recebimento de dívidas de execuções fiscais. "Queremos arranjar uma fórmula de conseguirmos agilidade nesse recebimento", explicou o procurador-geral José Rosa, revelando que o município possui dívida ativa de cerca de 120 milhões.

Na reunião, ficou estabelecido que os representantes do Executivo se reunirão com o Juiz Diretor do Fórum da Capital, Gilberto Giraldelli, para que em no máximo 60 dias seja estabelecido um mecanismo efetivo que contribua para o aumento dessa arrecadação. Uma das saídas pode ser a instalação de varas especializadas em execuções fiscais. "Como vou fazer asfalto, iluminação pública, cuidar da cidade, se não temos arrecadação? Infelizmente há cultura centenária e resistência a pagamentos de tributos. Queremos quebrar essa cultura de sonegação e inadimplência", destacou o prefeito.

Santos aproveitou a ocasião para contar ao Presidente que o município, pela primeira vez nos últimos 20 anos, começará a pagar precatórios de pequeno valor. Neste momento inicial, 23 títulos serão liquidados, num montante total de R$ 105 mil. "Quanto mais eficácia tivermos no recebimento da nossa dívida ativa, mais vamos conseguir diminuir nosso passivo", ressaltou. Também participaram da reunião o juiz auxiliar da Presidência, José Mauro Bianchini, e a Diretora-Geral do TJMT, Lucymar Ono.

__________________

patrocínio

Bradesco VIVO
Advertisement

últimas quentes