Sábado, 17 de agosto de 2019

ISSN 1983-392X

Justiça de SP determina prisão preventiva de advogados de facção criminosa

x

sexta-feira, 7 de julho de 2006

Crime organizado

Justiça de SP determina prisão preventiva de advogados de facção criminosa

A 13ª Vara Criminal Central de SP determinou ontem (6/7) a prisão preventiva dos advogados Eduardo Diamante, Valéria Dammous e Libânia Catarina Fernandes Costa, detidos temporariamente no último dia 28 de junho, em Presidente Prudente e Presidente Venceslau, no interior do Estado.

Os três advogados são acusados de transmitir informações privilegiadas a líderes de uma facção criminosa e servir de elo de comunicação entre bandidos presos e soltos. A denúncia do MP, recebida pela 13ª Vara Criminal, aponta a prática dos crimes de formação de quadrilha, motim de presos, dano ao patrimônio público e cárcere privado qualificado.

Segundo o despacho, a prisão preventiva visa “garantir a ordem pública, tendo em vista a possibilidade, não remota, de reiteração das práticas criminosas, se acaso concedido o direito de responderem à ação penal em liberdade.” O trecho se refere aos ataques criminosos e às rebeliões em presídios ocorridos em diversas cidades paulistas em maio passado.

__________

patrocínio

VIVO

últimas quentes