Domingo, 19 de janeiro de 2020

ISSN 1983-392X

Execução Penal

Papuda deve esclarecer condições da prisão na qual está Maluf

Decisão é do juiz de Direito substituto Bruno Macacari, da Vara de Execuções Penais de Brasília.

terça-feira, 9 de janeiro de 2018

O juiz de Direito substituto Bruno Macacari, da Vara de Execuções Penais de Brasília, deu prazo de 24 horas para que o Complexo Penitenciário da Papuda elucide quesitos da defesa do deputado Paulo Maluf a respeito das condições da prisão na qual está o parlamentar.

Após a juntada das respostas, o magistrado concederá vista ao Ministério Público e à defesa para se manifestarem a respeito.

O prazo para que fossem respondidos os questionamentos da defesa terminou ontem. Contudo, o magistrado considerou que vários pontos "não foram satisfatoriamente esclarecidos".

O deputado está preso desde 20 de dezembro por ordem do ministro Edson Fachin, do Supremo, já que condenado a pena de quase oito anos de reclusão por lavagem de dinheiro quando exerceu o cargo de prefeito de São Paulo (1993/96).

  • Processo: 00189358120178070015

Veja a decisão.

leia mais

patrocínio

Advertisement VIVO

últimas quentes