Quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

ISSN 1983-392X

CNJ

STJ elege antecipadamente Humberto Martins como novo corregedor nacional de Justiça

Ministro sucederá Noronha no cargo; antecipação foi justificada em razão das eleições.

quarta-feira, 21 de março de 2018

O Pleno do STJ elegeu nesta quarta-feira, 21, o ministro Humberto Martins como futuro corregedor nacional de Justiça. A eleição foi por aclamação, e o ministro sucederá João Otávio de Noronha.

Segundo a presidente da Corte Laurita Vaz a antecipação da eleição – que tradicionalmente seria com a eleição dos futuros presidente e vice do Tribunal, em junho – foi por “preocupação do próprio Parlamento, no sentido de que precisava aprovar com maior rapidez, encaminhar o nome do escolhido por causa das eleições que se aproximam, e que poderia haver dificuldade na realização da sabatina do ministro escolhido”.

O ministro Humberto Martins discursou, afirmando que exercerá o cargo com “humildade, prudência e invocando o espírito da sabedoria, buscando o diálogo com a magistratura nacional, valorizando sempre atuação do magistrado no papel fundamental para o pleno exercício da cidadania e em favor da distribuição da boa justiça”.

A eleição do corregedor sempre ocorreu junto com a da presidência e vice-presidência da Corte. Foi o que ocorreu em junho de 2016, quando Laurita Vaz foi aclamada presidente após a desistência da ministra Nancy (que, por antiguidade, teria a chance de ocupar o cargo), Humberto foi eleito vice e o ministro Noronha, corregedor. O ministro Noronha tomou posse em agosto de 2016 e ficou afastado da jurisdição no último biênio.

patrocínio

Bradesco VIVO

últimas quentes