Sábado, 24 de agosto de 2019

ISSN 1983-392X

Falecimento

Morre o advogado José Gerardo Grossi

O enterro está marcado para amanhã, dia 10, às 11h, no Cemitério de Brasília.

quarta-feira, 9 de maio de 2018

Faleceu na manhã desta quarta-feira, 9, em Brasília, aos 85 anos, o advogado José Gerardo Grossi (OAB/DF 586).

Ocorrerão dois velórios para a despedida do causídico. O primeiro acontecerá nesta quarta-feira, 9, das 18 às 21h na sede da OAB/DF. O segundo será amanhã, 10, às 9h, no cemitério de Brasília (Campo da Boa Esperança). O enterro está marcado para às 11h.

Natural de Abre Campo, Minas Gerais, Grossi nasceu em 22 de agosto de 1932. Graduou-se na Faculdade de Direito da UFMG. Sua carreira, no entanto, prosperou em Brasília, onde foi um dos pioneiros e mais respeitados advogados.

Em 64, foi defensor público do MP/DF e, posteriormente, promotor substituto do MP estadual. Nesta época, já atuava como professsor de Direito Constitucional, Penal e Administrativo no departamento de Direito da UnB. Foi também, por três biênios, conselheiro da OAB/DF, e ainda ministro efetivo do TSE, nomeado em 2006.

Em junho deste ano, completaria 60 anos do recebimento da carteira profissional. "Foram anos de lutas, com vitórias e derrotas, alegrias e tristezas, com momentos de euforia e de desânimo, mas com a certeza, inquebrantável de que a advocacia e a democracia se irmanam", afirmou Grossi em 2008, quanto completou 50 anos de profissão.

Respeitadíssimo penalista, sua última atuação na Suprema Corte foi em abril, quando, ao lado de Sepúlveda Pertence e José Roberto Batochio, defendeu a liberdade e o habeas corpus.


patrocínio

Bradesco VIVO
Advertisement

últimas quentes