Quinta-feira, 23 de janeiro de 2020

ISSN 1983-392X

Inquérito

Barroso prorroga investigações da PF no inquérito dos Portos

Despacho cita "conjunto relevante de informações obtidas".

sexta-feira, 29 de junho de 2018

O ministro Luís Roberto Barroso, do STF, autorizou o delegado Cleyber Malta Lopes a prosseguir com as diligências de investigação no inquérito dos Portos, que apura se o presidente Michel Temer recebeu propina em troca de beneficiar empresas do setor portuário com a edição de decreto, em maio de 2017.

No despacho, o ministro faz menção à "substanciosa petição", na qual a PF "descreve o desenvolvimento das investigações conduzidas até aqui – com um volume expressivo de providências já tomadas e um conjunto relevante de informações obtidas".

A investigação foi prorrogada até que a PGR se manifeste. No despacho, Barroso garante que o delegado permanece no comando do inquérito policial, já que a redistribuição depende de “despacho fundamentado, por motivo de interesse público ou nas hipóteses de inobservância dos procedimentos previstos em regulamento da corporação que prejudique a eficácia da investigação”.

leia mais

patrocínio

Advertisement VIVO

últimas quentes