Sexta-feira, 17 de agosto de 2018

ISSN 1983-392X

Jovem advocacia

Advogado aos 17 anos: conheça a história de Ricardo Tadeu Soares

Aprovado no vestibular aos 12 anos, tornou-se advogado aos 17, em 1993.

quarta-feira, 1º de agosto de 2018

Aos 17 anos de idade, o jovem Ricardo Tadeu Soares, concluía mais uma fase de sua vida educacional. Não estava finalizando o ensino médio, mas sim, a faculdade: se formava em Direito pela Faculdade Cândido Mendes, no Rio de Janeiro.

A graduação passou a fazer parte da vida do rapaz em 1988, quando, aos 12 anos de idade, foi aprovado no vestibular.

t
(Imagem: jornal O Estado de S. Paulo, 1993)

Incentivado por seu pai a fazer o processo seletivo, o rapaz não teve sua matrícula aceita apesar da aprovação incrível. Isso porque não havia sequer cursado a oitava série. No entanto, o juiz Édson Queiroz Dias, da 41ª vara Cível do Rio de Janeiro, deferiu liminar em MS para que o garoto pudesse ingressar na faculdade. Com isso, passou a frequentar a escola no período da manhã e a faculdade, à noite.

Soares sempre foi um sonhador. Aos 14 anos, almejava alcançar a presidência da República. No segundo ano de faculdade, o garoto pretendia cursar ciências sociais para alcançar seu objetivo de chegar ao Planalto.

t
(Imagem: jornal O Estado de S. Paulo, 1989)

Nesta mesma fase da adolescência - enquanto conciliava os estudos do ensino superior com o ensino médio - o rapaz, apaixonado por futebol e pelo Fluminense, ainda escrevia uma coluna de esportes para o jornal Última Hora.

t
(Imagem: jornal O Estado de S. Paulo, 1990)

Em agosto de 1993, é chegada a hora de receber a tão sonhada carteira da Ordem dos Advogados do Brasil. Graduando-se aos 17 anos de idade e, após mais uma disputa judicial, o jovem bacharel recebe seu registro (OAB/RJ 77.650) das mãos do advogado Fernando Fragoso.

Aos 18 anos – idade em que a maioria dos jovens está preocupado em obter a carteira nacional de habilitação –, Soares tinha um novo desafio em sua vida: concluir um mestrado em Direito Internacional na Universidade de Harvard, o qual finalizou em 1995.

No mesmo ano, começou a trabalhar na AB Inbev, onde atuou na área comercial. Foi presidente da companhia na América Latina, no México e depois atuou pela empresa na África. 

Em entrevista ao Jornal do Brasil, em 1995, Soares falou sobre sua trajetória acadêmica e profissional:

"Para mim, falta de inteligência está muito ligada à falta de interesse. As pessoas que não se deixam levar pela ociosidade têm tudo para vencer. E quem tem a inteligência acima da média só tem ganhos."

Atualmente, aos 42 anos, Soares é executivo da Delta Corporation Limited e vive na Inglaterra.

t
(Imagem: Oxford Business Forum Africa)

leia mais

patrocínio

VIVO
Advertisement

últimas quentes