Sábado, 20 de julho de 2019

ISSN 1983-392X

Igualdade de gênero

Manesco, Ramires, Perez, Azevedo Marques Sociedade de Advogados adere aos princípios de empoderamento feminino da ONU

No Brasil, a banca é a quarta de advocacia a aderir ao WEP.

quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

O empoderamento feminino e a equidade de gênero são temas caros ao escritório de advocacia Manesco, Ramires, Perez, Azevedo Marques Sociedade de Advogados. A banca tem investido desde 2016 no engajamento dos colaboradores na promoção da igualdade de gênero no ambiente de trabalho. Criou o Comitê Manesco Mulher, para colocar em prática uma série de ações voltadas à equidade de gênero, e acaba de aderir ao "Women's Empowerment Principles" (WEP), da ONU, que estabelece sete princípios a serem adotados pelas empresas que se comprometem com a causa feminina. Entre os princípios estão "estabelecer liderança corporativa de alto nível" e "promover a educação, capacitação e desenvolvimento profissional das mulheres". No Brasil, a banca é a quarta de advocacia a aderir ao WEP.

Os princípios estabelecidos pela ONU para serem adotados pelas empresas e setores são:

1. Estabelecer liderança corporativa de alto nível para a igualdade de gênero;

2. Tratar mulheres e homens de forma justa no trabalho – respeitar e apoiar os direitos humanos e a não discriminação;

3. Garantir saúde, segurança e bem-estar das trabalhadoras e trabalhadores;

4. Promover a educação, a capacitação e o desenvolvimento profissional das mulheres;

5. Apoiar o empreendedorismo de mulheres e promover políticas de empoderamento das mulheres através das cadeias de fornecedores e de comunicação e marketing;

6. Promover a igualdade por meio de iniciativas voltadas às comunidades e do engajamento social;

7. Medir, documentar e publicar os progressos da empresa na promoção da igualdade de gênero.

t

patrocínio

VIVO

últimas quentes