Segunda-feira, 21 de outubro de 2019

ISSN 1983-392X

Racismo

Mackenzie desliga novamente estudante de Direito que falou em morte de “negraiada”

Em janeiro deste ano, a universidade teve de restabelecer vínculo com estudante de Direito que falou em morte de “negraiada”.

domingo, 26 de maio de 2019

A Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie, em SP, expulsou novamente o estudante Pedro Bellintani Baleotti, que apareceu em vídeos durante as eleições de 2018 dizendo que a “negraiada vai morrer”. A decisão foi tomada em novo processo disciplinar.

  • Veja abaixo o vídeo do jovem:

O caso

Após a repercussão dos vídeos nas redes sociais, Baleotti foi suspenso e, posteriormente, desligado do Mackenzie. Uma decisão de janeiro deste ano, por sua vez, determinou a reintegração do estudante, mantendo apenas sua suspensão, sob o argumento de que o processo para investigar a conduta do aluno foi irregular.

O estudante também foi expulso do escritório onde fazia estágio após os sócios terem conhecimento do vídeo.

A decisão do desligamento do estudante foi publicada em portaria da instituição em abril após o término de novo processo administrativo na corregedoria da instituição.

Veja:

t

leia mais

informativo de hoje

patrocínio

Bradesco Advertisement VIVO

últimas quentes