Quinta-feira, 18 de julho de 2019

ISSN 1983-392X

Prerrogativa

No RS, advogado é preso por desacato após confusão com PMs

A confusão aconteceu porque o advogado criticou atuação da PM contra os manifestantes.

sábado, 15 de junho de 2019

O advogado Ramiro Goulart, do RS, foi preso acusado de desacato após se envolver em uma confusão com policiais militares. Segundo um jornal local, o causídico atuava por manifestantes presos nos atos contra a reforma da Previdência e criticou a atuação dos policiais. Veja:

A confusão

A confusão começou quando o advogado Ramiro Goulart começou a criticar a atuação da PM por levar no camburão duas manifestantes, já liberadas após assinar termo circunstanciado, para fazer o exame de corpo delito.

Segundo um jornal local, o causídico teria dito: “Isso aqui é inaceitável no Estado Democrático de Direito. Cambada de cachorros”. Os policiais, então, se aproximaram do advogado, que foi rendido e levado para dentro da delegacia sob acusação de desacato.

Diante da situação, a seccional gaúcha da OAB enviou a Comissão de Defesa, Assistência e Prerrogativa para acompanhar a prisão. 

Depois de ser ouvido, o causídico foi liberado da 2ª Delegacia de Polícia.

Veja as fotos:

t

t

leia mais

patrocínio

VIVO

últimas quentes