Quarta-feira, 16 de outubro de 2019

ISSN 1983-392X

Arbitragem

Decreto regulamenta arbitragem em conflitos entre União e setores de transporte e logística

Norma foi publicada no DOU desta segunda-feira, 23.

segunda-feira, 23 de setembro de 2019

Foi publicado no DOU desta segunda-feira, 23, o decreto 10.025/19, que regulamenta o uso da arbitragem na solução de conflitos que envolvam a Administração Pública Federal nos setores portuário e de transporte rodoviário, ferroviário, aquaviário e aeroportuário.

t

De acordo com a norma, poderão ser submetidos à arbitragem os conflitos relacionados à recomposição do equilíbrio econômico-financeiro dos contratos; o inadimplemento de obrigações contratuais por quaisquer das partes, incluídas a incidência das suas penalidades e ao cálculo de indenizações decorrentes de extinção ou de transferência do contrato de parceria. 

A arbitragem de que trata a norma terá foco em litígios que envolvam a União ou entidades da Administração Pública Federal e concessionários, subconcessionários, permissionários, arrendatários, autorizatários ou operadores portuários.

Câmara arbitral

Conforme determina o decreto, o credenciamento da câmara arbitral será realizado pela AGU e dependerá de atendimento aos seguintes requisitos mínimos:

t

Este credenciamento também funcionará como um cadastro das câmaras arbitrais para eventual indicação em convenções de arbitragem e não caracteriza vínculo contratual entre o Poder Público e as câmaras arbitrais credenciadas.

Caberá à AGU disciplinar a forma de comprovação dos requisitos previstos e estabelecer outros para o credenciamento das câmaras arbitrais.

Veja o decreto 10.025/19 na íntegra. 

Opinião

Para o advogado Luciano de Souza Godoy, do escritório Perlman Vidigal Godoy Advogados, o decreto aprimora o marco legal da arbitragem como forma de solucionar conflitos entre a União e empresas e trará “novos desafios profissionais aos juízes Federais, aos membros do Ministério Púbico Federal e aos procuradores da AGU. E à comunidade arbitral brasileira”.

_________

t

leia mais

informativo de hoje

patrocínio

Bradesco Advertisement VIVO

últimas quentes