Sexta-feira, 15 de novembro de 2019

ISSN 1983-392X

Agora é que são elAs

AMB e Apamagis terão mulheres disputando presidência pela primeira vez na história

Juízas Renata Gil e Vanessa Mateus concorrem nas associações.

sexta-feira, 25 de outubro de 2019

Duas associações representativas da magistratura nacional vivenciam fato inédito que é verdadeiro avanço para a equidade de gênero: pela primeira vez, AMB e Apamagis terão mulheres disputando cargos de presidência.

A AMB é a maior entidade representativa da magistratura nacional, nas esferas estadual, trabalhista, Federal e militar. 70 anos após sua fundação (10/09/1949), Renata Gil disputará o comando da entidade, que tem 14 mil associados.

Renata Gil já presidiu a entidade interinamente. Graduada em Direito pela Uerj, juíza há 20 anos, foi a primeira mulher a presidir a Amaerj. É titular da 40ª vara Criminal do TJ/RJ.

Na mesma linha, a Apamagis - Associação Paulista dos Magistrados, nascida como a Sociedade Beneficente de Magistrados do Estado de São Paulo na sala da 2ª vara de Família e Sucessões em 1953, tem Vanessa Mateus como candidata única para representar os associados, que somam atualmente 3,2 mil.

Vanessa é juíza no Estado de São Paulo há 20 anos, e foi responsável pela instalação do 1º Juizado Especial de Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher e primeira mulher eleita na história da Associação Paulista de Magistrados para ocupar o cargo de 2ª Vice-presidente.

t

(Renata Gil e Vanessa Mateus)

leia mais

patrocínio

Bradesco Advertisement VIVO

últimas quentes