Sexta-feira, 13 de dezembro de 2019

ISSN 1983-392X

Tecnologia

Governo dará selo a empresas que aderirem a plataforma de solução de conflitos

A medida foi bem vista por especialistas, que acreditam que ela pode evitar que reclamações de clientes cheguem ao Poder Judiciário.

sábado, 9 de novembro de 2019

Governo dará selo a empresas que aderirem à plataforma "consumidor.gov.br", plataforma de solução de conflitos através da interlocução direta entre consumidores e empresas. Medida foi bem vista pelos especialistas Fabíola Meira e Rodrigo Nholla, do escritório Braga Nascimento e Zilio Advogados Associados, que acreditam que ela pode evitar que reclamações de clientes cheguem ao Poder Judiciário. 

t

Instituído pela portaria 24/19, o "Selo Participação" será entregue a empresas que estejam na plataforma há mais de um ano e que atendam as exigências previstas como, por exemplo, ao entrar, elas precisam se comprometer, por meio de termo de adesão, a receber e responder as reclamações dos consumidores em até dez dias.

Segundo dados da Senacon, a plataforma, criada em 2014, conta com mais de 478 empresas participantes e soluciona oito em cada dez casos, no período previsto e é aprovada por 96% de seus usuários.

Segundo Fabíola Meira, coordenadora do departamento de Relações de Consumo, "o selo é mais um incentivo para que os fornecedores participem da plataforma e mais um estímulo à solução do conflito evitando a judicialização". 

Já para Rodrigo Nholla, advogado especialista em Relações de Consumo, "a medida visa facilitar ao consumidor o reconhecimento das empresas que estão comprometidas com o Governo na solução célere da reclamação".

_____________

leia mais

patrocínio

Bradesco VIVO

últimas quentes