Terça-feira, 16 de julho de 2019

ISSN 1983-392X

Aneel pré-qualifica 26 empresas para o leilão de linhas de transmissão de novembro

X

segunda-feira, 23 de outubro de 2006


Resultado

Aneel pré-qualifica 26 empresas para o leilão de linhas de transmissão de novembro

A Aneel publicou sexta-feira (20/10), no Diário Oficial da União, o resultado da pré-qualificação das empresas que poderão participar do leilão de linhas de transmissão. São 26 as empresas pré-qualificadas a participar, individualmente ou em consórcios, do próximo leilão de concessão de sete lotes com 14 linhas de transmissão de energia elétrica e três subestações programado para o dia 24 de novembro. A participação no leilão será confirmada mediante o recolhimento das garantias de proposta na véspera, dia 23 de novembro, conforme previsto em edital.

O leilão será realizado nas dependências da Bolsa de Valores do Rio de Janeiro, em sessão pública conduzida pela Bovespa. Foram pré-qualificadas empresas do Brasil, Colômbia, Portugal, Espanha e Itália.

Desqualificados

Das 30 empresas que entregaram a documentação, três empresas e um consórcio foram desqualificados pela Comissão Especial de Licitação da Aneel por descumprimento de itens do edital: Isolux Ingenieria S/A (Espanha) nos lotes A, B, C, D, E, F e G; Linear Participações e Incorporações Ltda. (Brasil) nos lotes E e F; Empresa de Energia de Bogotá S/A – E.S.P ( Colômbia) nos lotes F e G; e consórcio Fuad Rassi – J.Malucelli (Brasil), formado pelas empresas Fuad Rassi Eng. Ind. e Com. Ltda. e J.Malucelli Constr. de Obras S/A. nos lotes A, D, E e G.

A desqualificação da Isolux ocorreu porque a empresa não comprovou a habilitação adequada do representante da sociedade no processo de licitação. No caso das empresas Linear e Empresa de Energia de Bogotá, ambas não apresentaram compromisso de constituir sociedade de propósito específico, conforme modelo exigido pela licitação.

O consórcio Fuad Rassi – J.Malucelli foi desqualificado porque a empresa participante J.Malucelli não apresentou organograma devidamente assinado por seu representante legal. A empresa Fuad Rassi, porém, permanece na lista de pré-qualificadas por participar do consórcio Espírito Santo pré-qualificado para o lote F.

O prazo para a apresentação de recursos termina na próxima sexta-feira, dia 27/10.

As concessões visam à instalação, operação e manutenção de aproximadamente 2.250 quilômetros de novas linhas de transmissão da Rede Básica do SIN. Os empreendimentos, que irão reforçar a capacidade de transmissão do SIN e garantir maior transferência de energia elétrica entre as regiões do país, passarão por oito estados: Mato Grosso, Rondônia, Minas Gerais, São Paulo, Goiás, Bahia, Espírito Santo e Paraná. As linhas deverão entrar em operação comercial em prazos que variam entre 18 e 22 meses, a partir da assinatura do contrato de concessão.

Abaixo, a relação, por lote, das empresas e dos consórcios pré-qualificados:

LOTE A

Interligação Acre – Rondônia – Mato Grosso – 230 kV, constituído por:

Empreendimento

Tensão (kV)

Extensão aproximada (km)

LT Jauru (MT) – Vilhena (RO)

230

354

LT Vilhena (RO) – Pimenta Bueno (RO)

230

160

LT Pimenta Bueno (RO) – Ji-Paraná (RO)

230

118

LT Ji-Paraná (RO) – Ariquemes (RO)

230

164

LT Ariquemes (RO) – Samuel (RO)

230

153

Total

949

1) Terna Participações S/A – Itália

2) Cia. Técnica de Engenharia Elétrica – Brasil

3) Abengoa S/A – Espanha

4) Interconexión Eléctrica S/A E.S.P. (Isa) – Colômbia

5) Control y Montajes Industriales S/A (Cymi) – Espanha

6) Schahin Engenharia S/A – Brasil

7) LT Bandeirante Empreendimentos Ltda. – Brasil

8) Bimetal Ind. e Com. de Prod. Metal Ltda. – Brasil

9) Elecnor S/A - Espanha

10) Constr. e Com. Camargo Corrêa S/A – Brasil

11) Consórcio Ocidental (Centrais Elétricas do Norte do Brasil -Eletronorte S/A – 49% - líder e Neoenergia S/A – Brasil - 51%)

LOTE B

Empreendimento

Tensão (kV)

Extensão aproximada (km)

LT Jaguará (MG) – Estreito (MG)

500

53

LT Estreito (MG) – Ribeirão Preto (SP)

500

118

LT Ribeirão Preto (SP) – Poços de Caldas (MG)

500

137

TOTAL

308

SE Ribeirão Preto (SP)

500/440

1) Terna Participações S/A – Itália

2) Copel Transmissão S/A – Brasil

3) Abengoa S/A – Espanha

4) Interconexión Eléctrica S/A E.S.P. (Isa) – Colômbia

5) Neoenergia S/A – Brasil

6) LT Bandeirante Empreendimentos Ltda. – Brasil

7) Cobra Instalaciones Y Serviços S/A – Espanha

8) Elecnor S/A – Espanha

9) Constr. e Com. Camargo Corrêa S/A – Brasil

10) Consórcio Transjaguará (Cia. Técnica de Engenharia Elétrica – Brasil – 41 % - líder; Cemig Geração e Transmissão S/A – Brasil – 24,5%; Furnas – Brasil – 24,5%; Orteng Equipamentos e Sistemas Ltda – Brasil – 10%)

11) Consórcio Schahin - FIP – Brasil Energia (Schahin Engenharia S/A - Brasil – 50% - líder e Fundo de Investimento em Participações Brasil Energia -FIP – 50%)

LOTE C

Empreendimento

Tensão (kV)

Extensão aproximada (km)

LT São Simão (GO) – Maribondo (MG)

500

216

LT Maribondo (MG) – Ribeirão Preto (SP)

500

196

Total

412

1) Terna Participações S/A – Itália

2) Cia. Técnica de Engenharia Elétrica – Brasil

3) Abengoa S/A – Espanha

4) Interconexión Eléctrica S/A E.S.P. (Isa) – Colômbia

5) LT Bandeirante Empreendimentos Ltda. – Brasil

6) Cobra Instalaciones Y Serviços S/A – Espanha

7) Elecnor S/A – Espanha

8) Constr. e Com. Camargo Corrêa S/A – Brasil

9) Consórcio Transribeirão (Neoenergia – Brasil – 51% - Líder; Cemig Geração e Transmissão S/A – Brasil – 24,5% e Furnas – Brasil – 24,5%)

10) Consórcio Schahin - FIP – Brasil Energia (Schahin Engenharia S/A - Brasil – 50% - líder e Fundo de Investimento em Participações Brasil Energia –FIP – 50%)

LOTE D

Empreendimento

Tensão (kV)

Extensão aproximada (km)

LT Neves I (MG)- Mesquita (MG)

500

172

1) Terna Participações S/A – Itália

2) Abengoa S/A – Espanha

3) Interconexión Eléctrica S/A E.S.P. (Isa) – Colômbia

4) LT Bandeirante Empreendimentos Ltda. – Brasil

5) Cobra Instalaciones Y Serviços S/A – Espanha

6) Elecnor S/A – Espanha

7) CPFL Geração de Energia S/A – Brasil

8) Consórcio Transgerais (Orteng – Brasil – 41% - Líder; Cemig GT – Brasil – 24,5%; Furnas – Brasil – 24,5% e Cia. Técnica de Engenharia Elétrica – Brasil – 10%)

9) Consórcio Schahin - FIP – Brasil Energia (Schahin Engenharia S/A - Brasil – 50% - líder e Fundo de Investimento em Participações Brasil Energia - FIP – 50%)

LOTE E

Empreendimento

Tensão (kV)

Extensão aproximada (km)

LT Funil (BA) – Itapebi (BA)

230

198

1) Companhia Hidro Elétrica do São Francisco (Chesf) – Brasil

2) Terna Participações S/A – Itália

3) Cia. Técnica de Engenharia Elétrica – Brasil

4) Abengoa S/A – Espanha

5) Interconexión Eléctrica S/A E.S.P. (Isa) – Colômbia

6) Control Y Montajes Industriales S/A (Cymi) – Espanha

7) Neoenergia S/A – Brasil

8) Schahin Engenharia S/A – Brasil

9) LT Bandeirante Empreendimentos Ltda. – Brasil

10) Elecnor S/A – Espanha

11) Constr. e Com. Camargo Corrêa S/A – Brasil

12) Consórcio EIP – P&B Brasil (Eletric. Industr. Portuguesa – EIP – Portugal – 50% - Líder; Pinto & Bentes S/A – Portugal – 50%)

LOTE F

Empreendimento

Tensão (kV)

Extensão

 aproximada (km)

LT Mascarenhas (ES) – Verona (ES)

230

107

SE Verona

230

1) Terna Participações S/A – Itália

2) Cia. Técnica de Engenharia Elétrica – Brasil

3) Abengoa S/A – Espanha

4) Interconexión Eléctrica S/A E.S.P. (Isa) – Colômbia

5) Control Y Montajes Industriales S/A (Cymi) – Espanha

6) LT Bandeirante Empreendimentos Ltda. – Brasil

7) Elecnor S/A - Espanha

8) CPFL Geração de Energia S/A – Brasil

9) Consórcio EIP – P&B Brasil (Eletric. Industr. Portuguesa – EIP – Portugal – 50% - Líder; Pinto & Bentes S/A – Portugal – 50%)

10) Consórcio Espírito Santo ( Fuad Rassi Engenharia Indústria e Comércio Ltda. – Brasil – 51% - Líder; Furnas – Brasil – 49)

11) Consórcio EDP – Schahin (Castelo Energética S/A (Cesa) – Brasil – 90% - Líder; Schahin – 10%)

LOTE G

Empreendimento

Tensão (kV)

Extensão aproximada (km)

LT Cascavel Oeste (PR) – Foz do Iguaçu (PR)

230

115

SE Foz do Iguaçu

230/138

1) Eletrosul Centrais Elétricas S/A – Brasil

2) Terna Participações S/A – Itália

3) Copel Transmissão S/A – Brasil

4) Construção e Manutenção Electromecânica S/A (CME) – Portugal

5) Cia. Técnica de Engenharia Elétrica – Brasil

6) Abengoa S/A - Espanha

7) Interconexión Eléctrica S/A E.S.P. (Isa) – Colômbia

8) Schahin Engenharia S/A – Brasil

9) LT Bandeirante Empreendimentos Ltda. – Brasil

10) Elecnor S/A - Espanha

11) CPFL Geração de Energia S/A – Brasil

__________

informativo de hoje

patrocínio

VIVO

últimas quentes