Domingo, 26 de maio de 2019

ISSN 1983-392X

Morre Senador Ramez Tebet

Nascido em Três Lagoas (MS), em 1936, Tebet era advogado, formado pela Faculdade de Direito da UERJ (Universidade do Estado do Rio de Janeiro), em 1959.

sábado, 18 de novembro de 2006

Morre senador Ramez Tebet

Senador por Mato Grosso do Sul, Tebet foi presidente do Senado Federal

O senador entrou em coma nesta sexta-feira (17), de madrugada, quando começou a ter dificuldades respiratórias. Há uma semana, Tebet deixou o Hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde havia se internado com uma infecção respiratória, voltando para sua casa, em Jardim dos Estados, em Campo Grande.

Sua filha Simone Tebet disse na ocasião que o organismo do senador sofrera reação a uma nova droga utilizada nas sessões de quimioterapia. Ele foi internado na expectativa de que o sistema imunológico se recuperasse, o que não aconteceu.

No último dia 7 de novembro, Ramez Tebet completou 70 anos, provando-se um bravo lutador pela vida. Lutou estoicamente para combater a doença, iniciada em 1982, quando teve diagnosticado um câncer no fígado. Chegou ao Senado em 1994 e, em 2000, destacou-se como presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito que investigou o Poder Judiciário e cassou o mandato do então senador Luiz Estevão.

De 2001 a 2003, Tebet ocupou a presidência da Casa, no auge crise política que resultou na renúncia dos senadores Antonio Carlos Magalhães, Jader Barbalho e José Roberto Arruda. De ACM recebeu um apelido, que é muito lembrado pelos colegas, de o “rábula do Pantanal”.

Logo depois de deixar a presidência do Senado, o câncer apresentou recidiva, o que o levou a uma cirurgia para a retirada de um rim.

No ano passado, Tebet foi internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Albert Einstein, apresentando uma crise pulmonar aguda. Mal saiu da crise, voltou ao Senado, ocupando seu posto como integrante das Comissões de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) e de Assuntos Econômicos.

Na sexta-feira, o desenvolvimento do câncer tomava níveis altíssimos e a situação era irreversível. Pedro Simon, colega de parlamento, chegou a fazer um emocionado discurso na tribuna do Senado, relembrando o amigo que já se despedia.

O enterro acontece às 18h (19 de Brasília), no cemitério Santo Antônio, em Três Lagoas/MS.

Biografia

Nascido em Três Lagoas (MS), em 1936, Tebet era advogado, formado pela Faculdade de Direito da UERJ (Universidade do Estado do Rio de Janeiro), em 1959. Na vida pública, Tebet também atuou no Executivo. Nos anos 70, ele foi prefeito de sua cidade natal.

Atuou também como secretário de Justiça, vice-governador e governador de Mato Grosso do Sul. Já nos anos 90, foi ministro da Integração Nacional na gestão do presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB).

Entre 20 de setembro de 2001 a 31 de janeiro de 2003, Tebet foi o presidente do Senado Federal.

Tebet deixa a esposa Fairte Nassar Tebet e quatro filhos: Simone Nassar Tebet (advogada e atual prefeita de Três Lagoas), Eduarda Nassar Tebet (médica), Rodrigo Nassar Tebet (professor) e Rames Nassar Tebet (advogado).

______________

patrocínio

Bradesco VIVO
Advertisement

últimas quentes