Terça-feira, 23 de julho de 2019

ISSN 1983-392X

Justiça paulista aceita denúncia contra Carla Cepollina

quarta-feira, 22 de novembro de 2006


Ubiratan


Justiça paulista aceita denúncia contra Carla Cepollina

 

O juiz presidente do 1º Tribunal do Júri de São Paulo, Alberto Anderson Filho, aceitou ontem (21/11) a denúncia oferecida pelo MP contra a advogada Carla Cepollina, acusada pelo assassinato do coronel reserva da PM e deputado estadual Ubiratan Guimarães. O crime aconteceu no último dia 10 de setembro no apartamento dele, no bairro dos Jardins, Zona Sul de São Paulo.

Segundo o despacho, “a denúncia está formalmente em ordem e por isso deve ser recebida para que, em regular instrução do processo, o titular da ação penal (MP) possa demonstrar os fatos por ele alegados e confrontadas outras provas, intimando-se a ré para exibir passaporte estrangeiro que possua, o qual ficará depositado em juízo.”

O próximo passo do processo será a audiência de interrogatório de Cepollina, designada para o dia 5 de fevereiro de 2007, às 14h30, no 1º Tribunal do Júri de São Paulo.

_______________

informativo de hoje

patrocínio

VIVO

últimas quentes