Sexta-feira, 23 de agosto de 2019

ISSN 1983-392X

TJ/PE altera critérios para composição da Corte Especial

terça-feira, 28 de novembro de 2006


TJ/PE


TJ/PE altera critérios para composição da Corte Especial


O TJ/PE regulamentou a composição de sua Corte Especial e definiu critérios para a escolha de juízes na substituição de seus desembargadores, na última quarta-feira, 22/11. As resoluções seguem determinação do CNJ.


A Corte Especial, formada por 15 desembargadores, tem por principal responsabilidade apreciar matérias de ordem administrativa do Poder Judiciário. A partir da resolução nº 206 a corte será composta por oito desembargadores mais antigos e sete por eleição do Tribunal Pleno. Antes, apenas os desembargadores mais antigos a compunham.


"Propiciar uma maior participação e democratizar a composição do órgão especial do TJ/PE são os principais objetivos da medida", disse o assessor especial da Presidência, juiz Ruy Patu. A nova sistemática de escolha de desembargadores vem sendo adotada desde janeiro. Quatro magistrados já fazem parte do Órgão especial através de eleição.


Juízes


Já a resolução nº 207 fixou critérios objetivos para a escolha de juízes para a substituição de desembargadores do TJ/PE nos afastamentos por mais de 30 dias. Antes, a escolha era feita de maneira aleatória e o único critério utilizado era que o magistrado fosse da capital.


Agora, além de serem juízes de 3º entrância, os magistrados devem pertencer à quinta parte da lista de antiguidade. Somado ao fator temporal, será também analisada a produtividade dos juízes.


_____________

patrocínio

Bradesco VIVO
Advertisement

últimas quentes