Segunda-feira, 16 de setembro de 2019

ISSN 1983-392X

Órgão Especial do TJ/RJ homenageia Cavalieri que encerra gestão

x

terça-feira, 30 de janeiro de 2007


Homenagem

Desembargador Sergio Cavalieri Filho encerra gestão

O presidente do TJ/RJ, desembargador Sergio Cavalieri Filho, foi homenageado ontem, na última sessão do Órgão Especial em que preside como chefe do Poder Judiciário Estadual. Na próxima quinta-feira (1/2) ele dará posse ao novo presidente do TJ/RJ para o biênio 2007/2008, desembargador José Carlos Schmidt Murta Ribeiro. A homenagem foi sugerida pelo corregedor-geral da Justiça, desembargador Luiz Zveiter, sendo "porta-voz" o desembargador Marcus Faver.

Segundo Faver, o traço da administração do desembargador Cavalieri foi a preocupação com a prestação jurisdicional de 1º e 2º graus. "Vossa Excelência revolucionou as atividades de 1º grau, fez uma espécie de análise, fez modificações por meio de dados estatísticos e, às vezes, a ânsia de acertar era tão grande, que tomava decisões rápidas demais e imediatistas", afirmou o desembargador Marcus Faver.

Ele disse ainda que Cavalieri trabalhou no sentido de buscar o melhor para o Tribunal de Justiça do Rio. "Todos estão convencidos de que Vossa Excelência melhorou a imagem do TJ/RJ em todo o Brasil. O nosso Tribunal é referência nacional, somos um exemplo de administração", ressaltou Marcus Faver.

A procuradora de Justiça Marija Yrneh Rodrigues de Moura, representando o Ministério Público do Rio, destacou a agilidade e capacidade de trabalho do desembargador Cavalieri. "Sempre ouvi falar da capacidade de trabalho de Vossa Excelência, mas jamais podia imaginar este vigor e agilidade. Sua administração será marcante", disse a procuradora.

Em agradecimento à homenagem, o presidente do Tribunal de Justiça do Rio assegurou que, nestes dois anos, cumpriu todos as decisões discutidas e aprovadas pelo Órgão Especial, colegiado com competência judicial e administrativa e integrado por 25 desembargadores. "Gostaria de dizer que, nestes dois anos, o meu patrão foi o Órgão Especial. Não permiti que qualquer decisão do Órgão fosse afrontada ou desrespeitada", disse.

Cavalieri afirmou também que sempre teve um suporte dos colegas. "O apoio recebido foi enorme e eu me sinto gratificado pela solidariedade e compreensão deste Órgão", finalizou.

______________

informativo de hoje

patrocínio

Bradesco VIVO
Advertisement

últimas quentes