Domingo, 20 de outubro de 2019

ISSN 1983-392X

AMB lança campanha pela Reforma Política

X

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2007


Esclarecimento

AMB lança campanha pela Reforma Política

A Associação dos Magistrados Brasileiros lança na próxima quarta-feira, 28/2, a campanha "Reforma Política – conhecendo, você pode ser o juiz dessa questão". O projeto será apresentado à imprensa em um café da manhã marcado para as 9 horas, no restaurante Norton Grill, em Brasília. Às 20 horas, jornalistas, parlamentares e magistrados são esperados para o lançamento oficial, no Porto Vittória, espaço de eventos também na capital federal. Na ocasião, serão homenageados os deputados federais recém-eleitos Régis de Oliveira e Flávio Dino, que integravam os quadros da magistratura nacional.

O principal objetivo da campanha é mostrar ao cidadão quais as principais propostas da reforma. Poucos sabem, por exemplo, o que é fidelidade partidária, voto distrital ou financiamento público de campanha. Para esclarecer cada uma das mudanças em debate, a AMB lançará uma cartilha, baseada no trabalho realizado pela cientista política Ana Luiza Backes e pela advogada Miriam Campelo de Melo Amorim, consultoras da Câmara dos Deputados.

"A Reforma Política é indispensável para o amadurecimento da democracia. E a informação é fundamental para que toda a sociedade esteja engajada em torno deste projeto", justifica Rodrigo Collaço, presidente da AMB.

Com uma linguagem direta e simples, a cartilha será distribuída gratuitamente. Para disseminar o projeto, a AMB conta com a mobilização dos seus 14 mil juízes associados, convidados a levar a campanha à sua região de atuação. Além dos magistrados, entidades da sociedade civil também podem participar do projeto, promovendo debates em torno do material produzido pela associação.

Diversas autoridades participarão do lançamento oficial, que será marcado por uma palestra da cientista política Lucia Hippolito. Entre os que já confirmaram presença estão o ministro das Relações Institucionais, Tarso Genro, os ministros do STJ Paulo Gallotti, Teori Albino e Raphael de Barros Monteiro Filho; e os ministros do STF Sepúlveda Pertence e Joaquim Barbosa.

Dezenas de parlamentares já asseguraram sua participação, como o senador Papaléo Paes (PSDB/AP) e os deputados federais Antônio Roberto (PV/MG); Bruno Araújo (PSDB/PE); Edson Santos (PT/RJ); Marina Maggessi (PPS/RJ); Roberto Magalhães (PFL/PE); Sebastião Madeira (PSDB/MA); Sérgio Barradas Carneiro (PT/BA); Tadeu Filippelli (PMDB/DF); Vicente Arruda (PSDB/CE) e Zequinha Marinho (PMDB/PA).

_________

patrocínio

Bradesco Advertisement VIVO

últimas quentes