Sexta-feira, 26 de abril de 2019

ISSN 1983-392X

Resultado do sorteio de obra "Codificação do Direito Processual Coletivo Brasileiro"

quinta-feira, 8 de março de 2007

Sorteio de Obra

Migalhas teve a honra de sortear um exemplar da obra "Codificação do Direito Processual Coletivo Brasileiro" (188 p.), desenvolvida pelo Dr. Gregório Assagra de Almeida. Este livro foi editado e cordialmente oferecido pela Editora Del Rey. Confira o nome do ganhador abaixo.

Sobre a obra:

O livro enfrenta a temática da codificação do direito processual coletivo. Analisa o Código Modelo e os anteprojetos de códigos de processos coletivos já elaborados, um deles o Anteprojeto USP, em discussão no Ministério da Justiça. Além de apresentar novas diretrizes metodológicas e principiológicas para a codificação, o autor conclui que não se quer negar ou abandonar definitivamente a metódica pluralista, mas revisitá-la e redirecioná-la sob duas premissas básicas: o direito processual é instituição constitucional; o seu estudo, a sua reforma legislativa, a sua interpretação e aplicação têm como guia condutora a teoria dos direitos e garantias constitucionais fundamentais.

Sobre o autor:

Graduado em Direito na Universidade de Ribeirão Preto, Mestre em Direito Processual Civil na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC/SP, Gregório Assagra de Almeida é Doutor em Direitos Difusos e Coletivos - PUC/SP. Professor de Direito Processual Civil na Universidade de Itaúna, Professor de Tutelas Jurisdicionais Coletivas na Pós Graduação FADOM, Professor de cursos preparatórios Praetorium e A. Carvalho e Professor no curso de Direito Processual Civil do CAD. Assessor Especial da Procuradoria – Geral de Justiça do Ministério Público do Estado de Minas Gerais.

Sobre a Editora:

Há quase 30 anos, Arnaldo Oliveira – diretor-presidente da Livraria e Editora Del Rey – percebeu que os estudantes do curso de Direito da Universidade Federal de Minas Gerais precisavam de apostilas para consultas rápidas, mas tinham grandes dificuldades em encontrá-las. O jovem da cidade de Patrocínio, no Triângulo Mineiro, percebeu que os cadernos dos melhores alunos eram referência para a maior parte da turma. Arnaldo os procurou e transformou seus textos em apostilas mimeografadas e encader­nadas. Nasciam, assim, os primeiros "livros" da Del Rey.

O próximo passo foi a abertura da primeira livraria especializada em livros jurídicos de Minas Gerais, no centro de Belo Horizonte. Cerca de dez anos depois, em 1989, Arnaldo Oliveira abraçou a tarefa de trazer a público novas idéias, expandindo o número de publicações da Del Rey. O resultado foi a consolidação da maior editora especializada em Direito de Minas Gerais e uma das cinco maiores do Brasil.

Sediada em Belo Horizonte, onde possui 4 livrarias, a Del Rey é uma referência no ramo jurídico. Sua filial em São Paulo é responsável pela divulgação, venda e distribuição dos livros Del Rey para todo o país, além de coordenar a participação da empresa em eventos jurídicos nacionais. O catálogo da Editora possui mais de 400 títulos de renomados autores em diversas áreas do mundo jurídico. A cada ano, são publicados cerca de 60 novos títulos dos mais variados temas, abrangendo do direito tradicional ao moderno. A Editora Del Rey orgulha-se por estar cada vez mais presente na vida dos operadores do Direito em todo o Brasil, expandindo horizontes com a publicação de obras de inquestionável relevância social e grande contribuição para o meio jurídico.

_____________

_________

 

 

 

 

 Resultado:

  • Thaysa Christina, de Petrópolis/RJ

patrocínio

Bradesco VIVO
Advertisement

últimas quentes