Terça-feira, 18 de junho de 2019

ISSN 1983-392X

Primeira Seção do STJ cancela a Súmula 152

quinta-feira, 14 de junho de 2007


152

Primeira Seção do STJ cancela súmula sobre ICMS

Em decisão unânime, a Primeira Seção do STJ cancelou há pouco a Súmula 152. A decisão se deu em uma questão de ordem levantada pelo ministro José Delgado. A súmula 152 dispunha que, "na venda pelo segurador de bens salvados de sinistros, incide o ICMS".

A questão de ordem se deu em razão de julgamento realizado pela Seção no qual se decidiu que a operação de venda de bens sinistrados, por compor o contrato de seguro, não pode ser objeto de tributação por lei estadual, estando, por conseguinte, fora do alcance de incidência do ICMS. A Primeira Seção deferiu pedido da Sul América Companhia Nacional de Seguros e de outras 28 seguradoras para que o ICMS não incidisse sobre as operações relativas à alienação de salvados.

Naquela ocasião, destacou-se que, no STJ, o entendimento da Corte era que, na venda de bens salvados de sinistro pelo segurador, incide o ICMS, mas o STF, ao julgar ações diretas de inconstitucionalidade, vinha deferindo liminares suspendendo a expressão "e a seguradora" das respectivas leis estaduais que, em razão de permissão contida nessa expressão, determinavam a incidência do ICMS sobre a venda de bens salvados de sinistros operada pelas seguradoras.

___________
_____________

  • Leia mais

 28/5/2007 -Súmulas aprovadas pelo STJ - n° 332 a 339 - clique aqui.

___________________

patrocínio

VIVO

últimas quentes