Quinta-feira, 20 de junho de 2019

ISSN 1983-392X

Juízes do TRT/SP agora terão acesso direto a banco de dados da Receita

segunda-feira, 18 de junho de 2007


TRT/SP

Juízes terão acesso direto a banco de dados da Receita

A partir de agora, todos os juízes das Varas do Trabalho e do TRT/SP terão acesso direto aos bancos de dados da Receita Federal.

As informações observarão os limites do sigilo fiscal e serão enviadas pelo Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte da Receita, por meio do Serviço de Informações ao Poder Judiciário - INFOJUD, já formatados para atender às necessidades dos juizes.

A medida é resultado do convênio firmado pelo presidente do TRT/SP, juiz Antônio José Teixeira de Carvalho e o Secretário da Receita Federal do Brasil, Jorge Rachid.

"Essa medida agilizará em muito a tramitação dos processos trabalhistas, principalmente na fase de execução, que é a mais difícil e a mais demorada", explica o presidente do TRT/SP, juiz Antônio José Teixeira de Carvalho.

Técnicos do TRT/SP participaram de uma apresentação do Sistema Infoconf WS, que permitirá o acesso aos dados selecionados das bases de dados da Receita Federal, com autenticidade, confiabilidade e integridade garantidas pela certificação eletrônica.

"Antes, essas informações da Receita eram obtidas de maneira muito burocratizada, mediante oficio, o que atrasava em muito a decisão do juiz, porque demorava-se em média dois meses entre o pedido e a resposta", observa o presidente do TRT/SP.

Diariamente, as Varas do Trabalho do TRT/SP recebem em torno de 1.000 novos processos. Desse total, aproximadamente 75% chegam à fase de execução, boa parte delas com dados errados.

"Isso tem causado inúmeras dificuldades aos juízes para a efetiva solução da demanda", reconhece o juiz Antônio José Teixeira de Carvalho.

Com essas informações obtidas de forma eletrônica confiável, será possível identificar dados atualizados da empresa, bem como de seus sócios, agilizando a sua localização para envio de intimações, citações e notificações pelos juízes do TRT/SP.

_________________

patrocínio

VIVO

últimas quentes