Sábado, 17 de agosto de 2019

ISSN 1983-392X

Cotas nas Universidades

O Jornal O Estado de S. Paulo de hoje discute

terça-feira, 13 de abril de 2004

Cotas nas Universidades

O jornal O Estado de S. Paulo de hoje (13/4) discute a polêmica das cotas raciais na UnB (Universidade de Brasília). A Universidade reservou, pela primeira vez, 20% das vagas para os negros. E, para evitar abusos, o candidato que optar pelo grupo das cotas, ao fazer a inscrição, tem que tirar uma fotografia que será analisada por uma comissão.

___________________

Opinião

Parece que chegamos ao ponto em que nada mais escandaliza. Quem poderia dizer, até pouco tempo, que uma universidade como a UnB, em pleno sol do meio-dia, haveria de instituir uma comissão para atestar a filiação racial dos candidatos aos seus cursos de graduação? Como já foi observado, foi criado o primeiro tribunal de pureza racial no Brasil. Um dia, a UnB vai ter vergonha do que andam fazendo em seu nome. Enquanto isso, uma meia dúzia de Zé Mane, Zé Goiaba e Zé Ruela vai ter o poder de distribuir certidões raciais por aí. Haja paciência. É cada vez mais difícil conservar a boa educação, mas isso não pode ser outra coisa senão sinal dos tempos.” José Roberto Pinto de Góes

_______________________________

patrocínio

VIVO

últimas quentes