Quarta-feira, 17 de julho de 2019

ISSN 1983-392X

Inflação

Analistas elevam projeção de inflação para 2004

segunda-feira, 24 de maio de 2004


Inflação


Os economistas e consultores de bancos elevaram, pela segunda semana consecutiva, a expectativa para a inflação acumulada neste ano. De acordo com o Relatório de Mercado, divulgado hoje pelo Banco Central, mesmo com a decisão do Copom de manter os juros em 16% ao ano, os analistas projetam um IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) de 6,36% em 2004 contra uma estimativa anterior de 6,17%. Para 2005, as estimativas subiram de 5,10% para 5,15%.

A alta nas expectativas também ocorreu com outros índices de inflação. Para o IGP-DI, os economistas estão esperando uma inflação de 9,42% em 2004, contra 9% previstos anteriormente. Já para o IGP-M, a estimativa é de um índice de 9,32% ante os 8,9% da semana anterior.

Para o mês de maio, o mercado está projetando um IPCA de 0,46% e não mais de 0,44%. Para junho, a expectativa é de uma inflação de 0,45%.

Para o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto), foi mantida a previsão de 3,5% para 2004 e 2005. A taxa de câmbio esperada para o final de maio é de R$ 3,08, caindo ao final de junho para R$ 3,04.

Taxas de juros

Com relação às taxas de juros, depois da decisão do Copom em manter inalterada a taxa Selic, subiram as expectativas para a taxa de juros ao final de 2004, de 14% para 14,5% ao ano. Para junho, os analistas estão projetando uma taxa de 15,75% ao ano, ou seja, há uma expectativa de um corte de 0,25 ponto percentual na próxima reunião do Copom.

O mercado continua otimista com o saldo da balança comercial brasileira. A previsão para o superávit comercial deste ano subiu de US$ 25,3 bilhões para US$ 26 bilhões, e para 2005 de US$ 22,5 bilhões para US$ 23 bilhões. Já com relação aos investimentos estrangeiros diretos, a previsão é de que os ingressos fiquem em US$ 12 bilhões neste ano e em 2005 atinjam US$ 13 bilhões. Na semana passada, os analistas projetavam investimentos estrangeiros da ordem de US$ 14,25 bilhões para o próximo ano.

___________ ....

informativo de hoje

patrocínio

VIVO

últimas quentes