Domingo, 19 de maio de 2019

ISSN 1983-392X

Cade aprova compra de Aços Villares por Gerdau Hungria

quinta-feira, 8 de novembro de 2007


Operação

Cade aprova compra de Aços Villares por Gerdau Hungria

O Cade aprovou ontem, 7/11, a aquisição da Corporación Sidenor e, indiretamente, da Aços Villares pela Gerdau Hungria, Carpe Diem e Bogey Holding.

A operação, realizada em 2005, teve reflexos no Brasil, porque as brasileiras Gerdau e a Aços Villares atuam no mercado de aços longos especiais, com destaque para os seguintes produtos: barras laminadas ao carbono, barras laminadas ligadas, fio-máquina ao carbono e fio-máquina ligado. Esses produtos são insumos, utilizados principalmente pelas indústrias de autopeças e automobilística.

A Secretaria de Acompanhamento Econômico - Seae e a SDE deram parecer favorável à operação, sem restrições, apesar de terem tido uma preocupação inicial com a supressão de uma empresa produtora em segmentos siderúrgicos. A Seae e a SDE argumentaram, no entanto, que, no decorrer da análise, verificaram que empresas concorrentes estão investindo e aumentando sua capacidade e, com isso, deverão manter equilibrado o mercado.

Eles citaram a expansão da capacidade instalada da Acindar (Grupo Arcelor), na Argentina, e os investimentos da Companhia Siderúrgica Nacional - CSN, que está ingressando no segmento de aços longos. "A expansão da capacidade instalada das empresas concorrentes atua como neutralizadora do eventual exercício do poder de mercado das empresas e recompõe, de certa forma, o equilíbrio de forças anterior à operação", afirma o relatório conjunto das duas Secretarias.

_______
___________

Fonte: Agência Estado
_____________________

patrocínio

Bradesco VIVO
Advertisement

últimas quentes