Sábado, 20 de abril de 2019

ISSN 1983-392X

TRF da 1ª Região inaugura a Universidade Corporativa da Justiça Federal da 1ª Região - UniCorp

terça-feira, 27 de novembro de 2007


UniCorp

TRF da 1ª Região inaugura a Universidade Corporativa da Justiça Federal da 1ª Região

A Presidente do TRF da 1ª Região, Desembargadora Federal Assusete Magalhães, inaugurou ontem  a Universidade Corporativa da Justiça Federal da 1ª Região - UniCorp, que representa mais um passo rumo ao aprimoramento da prestação jurisdicional devido ao investimento na qualificação do corpo funcional da organização. A UniCorp tem por finalidade planejar, implantar, consolidar e expandir sistema integrado de educação corporativa, alinhado às diretrizes e objetivos estratégicos definidos pela direção do Tribunal, respeitando as necessidades da Justiça Federal da Primeira Região.

"É sabido que, contemporaneamente, o conhecimento tem-se confirmado como a principal ferramenta para o desenvolvimento humano, em suas múltiplas dimensões. Nesse contexto, as universidades corporativas, adotadas na Europa e na América do Norte, há mais de uma década, apresentam-se como solução de excelência para a perfeita combinação entre a aprendizagem contínua e as necessidades, estratégias e metas organizacionais", disse a Presidente Assusete Magalhães.

Com o uso das ferramentas de tecnologia da informação, a UniCorp levará o conhecimento a longas distâncias, por baixo custo. Exemplo disso é o sistema da videoconferência, que já se encontra em processo de aquisição pelo Tribunal. Conjugada à UniCorp, a videoconferência interligará, efetivamente, as 57 unidades que integram a Primeira Região, pois permitirá a interação entre duas ou mais pessoas, separadas fisicamente, mediante a transmissão de áudio, dados e vídeo, em tempo real e de forma cooperativa, permitindo o compartilhamento de informações de trabalho sem a necessidade de deslocamento físico.

A UniCorp levará cursos de pós-graduação e capacitação, bem como treinamentos, a magistrados e servidores lotados em subseções, no interior do País, e até em locais de difícil acesso.

"Ao cumprir sua missão, a UniCorp estará contribuindo para consolidar a Justiça Federal da 1ª Região como centro de referência em prestação jurisdicional, agregada de qualidade, eficiência em gestão pública e motivação humana, por meio da formação e aperfeiçoamento contínuos", frisou a Presidente Assusete.

Ao final, agradeceu ao Diretor da Escola de Magistratura Federal da 1ª Região - Esmaf, Desembargador Federal Olindo Menezes, o pronto apoio e adesão ao projeto, como, também, agradeceu aos Desembargadores integrantes do Conselho de Administração. E ao Diretor-Geral do Tribunal, Felipe dos Santos Jacinto, e a sua equipe, o comprometimento institucional, espírito cooperativo, despreendimento e dedicação. Agradeceu, também, aos dirigentes e servidores do Centro de Estudos e Apoio à Gestão Organizacional, da Secretaria de Recursos Humanos e da Secretaria de Tecnologia da Informação, o empenho e dedicação.

"Só quero, hoje, me associar, à Presidente Assusete, pelo cumprimento de mais esta meta. Os juízes precisam estudar sempre, se aprimorar, pois o mundo, hoje, está cheio de desafios", disse o Diretor da Escola de Magistratura Federal da 1ª Região - Esmaf, Desembargador Federal Olindo Menezes. "A inauguração da Universidade Corporativa é mérito de Vossa Excelência, Presidente Assusete, que teve esta idéia, e do Dr. Felipe, que enxerga longe."

Prestigiaram a cerimônia, além de desembargadores e juízes federais da 1ª Região, o Ministro aposentado do STJ, Vicente Leal, a Consultora da União e Diretora da Câmara de Conciliação e Arbitragem da Administração Federal, Hélia Maria Bettero; o Presidente e o Vice-Presidente da Associação dos Juízes Federais do Brasil, Juízes Federais Walter Nunes da Silva Júnior e Osmane Antônio dos Santos, o Procurador-Geral da União, Joaquim Pereira dos Santos, o advogado Rômulo Sulz Gonçalves, representando a Presidência da OAB/DF, e autoridades civis e militares.

_____________________

patrocínio

Bradesco VIVO

últimas quentes