Quinta-feira, 23 de janeiro de 2020

ISSN 1983-392X

HOJE - O ministro Cesar Asfor Rocha, do STJ, e o compositor/cantor Amaro Penna lançam o CD “Parceiros”

terça-feira, 4 de dezembro de 2007


Lançamento

O ministro Cesar Asfor Rocha, do STJ, e o compositor/cantor Amaro Penna lançam hoje o CD "Parceiros" 

A vontade de registrar suas emoções e a paixão antiga pela MPB encorajaram o ministro Cesar Asfor Rocha, do STJ, a mostrar sua veia poética e a compor todas as letras das músicas do CD "Parceiros". A obra, de sua autoria e do compositor/cantor Amaro Penna, será lançada hoje, às 18h30, no mezanino do edifício dos Plenários na sede do Tribunal, em Brasília/DF.

Relembrando a infância, o ministro disse que sua relação com a música e com a poesia vem do tempo de colégio, quando o diretor da instituição sempre o estimulava a ler e a escrever muito. "Hoje, passo de oito a 12 horas por dia lendo ou escrevendo. Em 15 anos de magistratura, já julguei mais de 67 mil processos. Dentro desse meu universo um tanto objetivo e explícito, acabei me voltando também para um mundo subjetivo e implícito, no qual o pano de fundo são as minhas vivências, as minhas emoções", ressaltou.

O ministro Cesar Rocha conta que seus primeiros versos foram feitos só para ele, em decorrência de uma autocensura muito grande e receio devido à profissão. "É exigida de um ministro uma postura séria. E isso é uma dificuldade muito grande para o magistrado, pois a sociedade é exigente com a figura pública", disse.

CD "Parceiros"

Considerado um trabalho despretensioso pelo próprio ministro, partiu do estímulo dado pelo compositor Penna e do cantor e amigo Raimundo Fagner, que, inclusive, interpreta uma das faixas do CD intitulada "Identidade".

"A idéia do CD é somente fazer um registro. Estou muito distante de ser considerado um compositor, mas apenas uma pessoa que deixou registradas as suas emoções. É um disco que mantém uma diversidade, pois cada música é de um estilo diferente, mas com um único fio condutor", destacou o ministro.

Além de Fagner, muitos outros amigos prestigiaram o trabalho, como Geraldo Azevedo, Waldonys e Elba Ramalho, que canta "Dúvidas", trilha sonora da novela Caminhos do Coração, da rede Record.

Livros

Co-autor das obras coletivas "O Novo Código Civil – Estudo em Homenagem ao Prof. Miguel Reale" e "Direito e Medicina – Aspectos Jurídicos da Medicina", o ministro Cesar Rocha, na mesma oportunidade, lança os livros "A Luta pela Efetividade da Jurisdição" e "Clóvis Beviláqua em Outras Palavras".

"A Luta pela Efetividade da Jurisdição" chama a atenção para a necessidade da informatização dos instrumentos processuais, adequando-os às necessidades da vida moderna. Com clara e precisa exposição de idéias, o ministro enumera os obstáculos a serem vencidos e alerta para a necessidade de mudança no modo de pensar dos magistrados quer na percepção do problema quer na aplicação do Direito. A obra é um lançamento da editora Revista dos Tribunais e conta com prefácio do ministro do STF Marco Aurélio de Mello.

Grande estudioso de Beviláqua e de sua obra, o ministro capta uma outra faceta (a humana e simples, aplicada e produtiva), uma outra dimensão deste jurista, em sua obra "Clóvis Beviláqua em Outras Palavras". O livro é uma publicação da Universidade Federal do Ceará - UFC.

Além exercer suas funções no STJ, o ministro Cesar Rocha ocupa, atualmente, o cargo de corregedor nacional de Justiça. O STJ se localiza no SAFS – Quadra 6, Lote 1, Trecho III, em Brasília/DF.

___________________

patrocínio

Advertisement VIVO

últimas quentes