Terça-feira, 22 de outubro de 2019

ISSN 1983-392X

TJ/SP cria Conselho para coordenar conciliação

terça-feira, 18 de dezembro de 2007


Solenidade

TJ/SP cria conselho para coordenar conciliação

O TJ/SP passa a contar a partir de hoje com o Conselho Gestor dos Métodos Alternativos de Solução de Conflitos, que coordenará os trabalhos dos 147 setores de conciliação da Justiça paulista, espalhados pelo Estado.

A solenidade de instalação do Conselho será às 16h30, no gabinete do presidente do TJ/SP, desembargador Celso Luiz Limongi, que fica no Palácio da Justiça (Praça da Sé, s/ nº).

Com o aumento do número de setores de conciliação e os bons resultados apresentados, o TJ/SP criou o Conselho para a coordenação, orientação e acompanhamento dos trabalhos nessas unidades e ainda para incentivar os meios alternativos na solução de conflitos.

O Conselho será coordenado pelo presidente do TJ/SP e composto pelos desembargadores Constança Gonzaga Junqueira de Mesquita, Kazuo Watanabe, Laerte Nordi, Maria Cristina Zucchi e Paulo Dias de Moura Ribeiro e pelos conciliadores Nazário Guirao e João Carlos de Araújo Oliveira Cintra.

Entre suas atribuições estão a de manter um cadastro dos mediadores e conciliadores que trabalham no TJ/SP; propor a instalação de novos setores e promover junto à Escola Paulista da Magistratura cursos de capacitação de mediação e conciliação.

O Setor de Conciliação em Segunda Instância foi o primeiro instalado pelo TJ, em março de 2003 e desde então os setores não param de crescer. O maior deles funciona no Fórum João Mendes, na capital paulista, desde setembro de 2004, com índices de acordos de 74% para expedientes extraprocessuais e 21% para processos remetidos pelas varas cíveis do Fórum.

____________________

patrocínio

Bradesco Advertisement VIVO

últimas quentes