Terça-feira, 19 de março de 2019

ISSN 1983-392X

Indignação

Aprovação de Luiz Otávio para o TCU causa indignação

quarta-feira, 16 de junho de 2004

Indignação

A aprovação do senador Luiz Otávio para o TCU está causando muita indignação. O indigitado peemedebista responde no STF pelo desvio de uma fábula de Reais: 13 milhões.

O Conselho Federal da OAB entrará com ação civil na Justiça Federal para tentar impedir a indicação do senador, alegando que os ministros do TCU precisam ter reputação ilibada e idoneidade moral como requisitos do cargo.

"Não podemos dizer que o senador é culpado, até porque a OAB defende o princípio da presunção de inocência, mas podemos dizer com certeza que sua reputação não é ilibada, logo, sua indicação viola preceito constitucional." Arx Tourinho, conselheiro federal pela Bahia

Os leitores de Migalhas também comentam a indicação do senador Luiz Otávio para o TCU. Veja abaixo opinião de alguns deles.

"Sr. Diretor, Se esta mensagem não o alcançar ainda no espaço aéreo brasileiro, diante de sua viagem ao Vaticano, tenho certeza que sua diligente secretária a enviará: lembro-lhe que quando Sua Santidade lhe indagar se o senador Luis Otávio vai mesmo ser sacramentado Ministro do Tribunal de Contas da União, diga-lhe, como o bardo inglês, "ainda há juízes em Berlim", pois o presidente da República terá pudor (não o puder) de vetar a indicação caso a Câmara de Deputados ratifique a decisão do Senado." Antonio Clarét Maciel Santos, o Paulo Eiró

"Anos atrás foi indicado para integrar o Superior Tribunal Militar um civil que fora governador do Rio Grande do Norte, durante os anos de chumbo. O Senado aprovou, mas o Tribunal não deu posse. Argumentou que faltava a ilibada reputação. O presidente que indicou e os senadores que aprovaram foram desmoralizados. É uma boa oportunidade para se dar uma lição ao governo popular... Ou então, após a posse, uma medida judicial promover a anulação do ato." Roberto J. Pugliese

________________...

patrocínio

Bradesco

últimas quentes