Segunda-feira, 16 de setembro de 2019

ISSN 1983-392X

Diretor do fórum da cidade de Monte Alto é morto em assalto em Caraguatatuba/SP

segunda-feira, 14 de janeiro de 2008


Crime

Diretor do fórum da cidade de Monte Alto é morto em assalto em Caraguatatuba

Um turista morreu e outro ficou ferido durante um assalto a uma casa de veraneio em Caraguatatuba, no litoral norte do Estado de SP. O crime ocorreu por volta das 21h de anteontem. Diretor do fórum da cidade de Monte Alto, Marcelo José Benatti, 47, e o cunhado Arnaldo Constança Filho, 39, faziam um churrasco com um grupo de amigos em uma casa no bairro Indaiá, de classe média, quando três homens invadiram o local.

Segundo testemunhas, os assaltantes tinham os rostos cobertos por camisetas. Os turistas foram levados para dentro da casa. Enquanto um vigiava, outros dois procuravam dinheiro e objetos de valor.

A polícia não soube dizer se os assaltantes estavam armados. Informou somente que as vítimas reagiram ao assalto e chegaram a lutar com os criminosos, empurrando-os para fora da casa. Na calçada, porém, havia um quarto criminoso, armado, que disparou contra os turistas. Baleados, Benatti e o cunhado foram levados para a Santa Casa de Caraguatatuba. Benatti morreu pouco depois.

Constança foi transferido para o Hospital Alvorada, em Jacareí. Cerca de 400 pessoas foram ao enterro de Benatti, em Jaboticabal. Casado, pai de três adolescentes, ele passava as férias no litoral norte do Estado. Os ladrões fugiram levando um relógio, três celulares, uma carteira e uma quantia não informada em dinheiro.

O delegado seccional de São Sebastião, responsável pelo litoral norte, José Francisco Rodrigues Filho, informou que a investigação apontava que os criminosos eram de Caraguatatuba. Até a noite de ontem, ninguém havia sido preso. Rodrigues disse que os ladrões aproveitaram um portão aberto para invadir a casa. "O pessoal se reúne na praia e às vezes se esquece de tomar alguns cuidados que normalmente tomaria em sua casa. A informação que temos é que os criminosos entraram na casa pelo portão, que estava aberto."

Segundo o delegado, foi o segundo latrocínio registrado no litoral norte na atual temporada de verão. O primeiro caso foi o do turista de São Paulo Ed Carlos Queiroz Amaral, 39, morto durante um assalto em 31 de dezembro.

____________________
______________

Fonte: Folha de S.Paulo

____________________

patrocínio

Bradesco VIVO
Advertisement

últimas quentes