Terça-feira, 25 de junho de 2019

ISSN 1983-392X

Revista Getulio comemora aniversário de 1 ano analisando o ensino jurídico no Brasil

quinta-feira, 24 de janeiro de 2008


Parabéns !

Revista Getulio comemora aniversário de 1 ano analisando o ensino jurídico no Brasil

A Revista Getulio, publicação da GVlaw - Programa de Especialização e Educação Continuada da Direito GV – completa um ano este mês, trazendo um debate bastante atual: a qualidade do ensino do direito no Brasil. Em um país onde letrados são uma ilha em um mar de analfabetos, nas palavras do historiador José Murilo de Carvalho, torna-se importante analisar o crescimento dos cursos oferecidos.

Para isso, a publicação entrevista o diretor da Comissão Nacional de Ensino Jurídico da OAB, José Geraldo de Sousa Júnior, e contou com um debate entre Ronaldo Porto Macedo Jr., professor da USP e da Escola de Direito da FGV, e Paulo Hamilton Siqueira Jr., coordenador do Núcleo de Ciências Jurídicas e Sociais da FMU, com o tema "A expansão do ensino jurídico proletariza o advogado?".

A revista ainda traz um perfil de Loussia Felix, professora da Faculdade de Direito da Universidade de Brasília que, desde 1991, integra diversas comissões da OAB e do MEC destinadas a formular, implementar e fomentar políticas de avaliação e qualificação do ensino jurídico no Brasil.

Do outro lado do Atlântico, a Getulio recebeu um artigo dos professores Luís Barreto Xavier e Gonçalo Matias, da Faculdade de Direito da Universidade Católica Portuguesa (Escola de Lisboa), que contou um pouco do processo de modernização de uma das mais tradicionais universidades da Europa.

A edição deste bimestre da Getulio também trata de desafios dos escritórios de advocacia e as formas encontradas para que eles trabalhem de forma prospectiva. Vários escritórios passaram a contar com advogados que tenham como função olhar o futuro e elaborar cenários, dentro de uma perspectiva mais estratégica de crescimento.

Na seção de cultura, há ainda uma reportagem sobre os tesouros escondidos, como obras do escultor Brecheret, em museus conhecidos, como o Masp, e os que não são tão famosos, como a Fundação Oscar Americano. Na seção, o que faz a minha cabeça, o professor José Reinaldo de Lima Lopes comenta os títulos, entre livros e filmes, que mais influenciaram em sua formação.

____________

informativo de hoje

patrocínio

VIVO

últimas quentes