Sexta-feira, 26 de abril de 2019

ISSN 1983-392X

ETCO e Governo do Rio Grande do Sul assinam termo para implantação nacional da NF Eletrônica

quarta-feira, 30 de janeiro de 2008


NF Eletrônica

ETCO e Governo do Rio Grande do Sul assinam termo para implantação nacional do projeto nota fiscal

O Instituto Brasileiro de Ética Concorrencial – ETCO e o Governo do Estado do Rio Grande do Sul assinaram um termo de apoio para a implantação do projeto Nota Fiscal Eletrônica do Confaz/Encat. No ano passado, o Conselho de Administração do ETCO iniciou a negociação de um convênio com o Governo do Estado do Rio Grande do Sul para a implantação da nota eletrônica em outros estados, com a tecnologia da Procergs. A parceria com o Governo do Estado será executada por intermédio da Secretaria da Fazenda e da Procergs. Atualmente, o Rio Grande do Sul responde por 56% das notas eletrônicas emitidas no país.

Para André Franco Montoro Filho, presidente executivo do ETCO, a nota fiscal eletrônica é meio eficaz para simplificar a arrecadação, permitir maior controle da sonegação e reduzir a burocracia. "A implementação da Nota Fiscal Eletrônica certamente vai representar um grande aperfeiçoamento do sistema de arrecadação brasileiro", conclui o presidente do instituto. Os setores de distribuição de combustíveis líquidos e fabricantes de cigarros serão os primeiros a adotá-la, de forma obrigatória, a partir do dia 1° de abril de 2008 em 23 estados, entre eles, São Paulo, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Os setores de medicamentos e bebidas estão entre os próximos a serem obrigados a emitir o documento.

Para o ETCO, a Nota Fiscal Eletrônica é considerada a bandeira branca na guerra fiscal. É um instrumento indispensável para buscar um consenso em torno de uma reforma tributária capaz de atender às demandas e peculiaridades de todos os estados. O controle permitido pela Nota Fiscal Eletrônica abre caminho para a simplificação do sistema brasileiro e para redução da carga tributária. A Nota Fiscal Eletrônica permite identificar quanto cada Estado perde ou ganha com a mudança da cobrança do ICMS.

____________________

_____________

patrocínio

Bradesco VIVO
Advertisement

últimas quentes