Terça-feira, 26 de março de 2019

ISSN 1983-392X

Dose dupla

Governo e empresas de telefonia fixa chegam a um acordo

terça-feira, 13 de julho de 2004

Dose dupla

Governo e empresas de telefonia fixa chegam a um acordo

O governo e as empresas de telefonia fixa fecharam um acordo para a aplicação do aumento da conta em decorrência da decisão do STJ, no início de julho, de que o IGP-DI é o índice que deve ser usado para corrigir as tarifas de telefonia. O novo aumento da cesta de telefonia local (habilitação, assinatura mensal e ligações) será de no máximo de 8,7%, divididos em duas vezes iguais, uma parcela em setembro e a outra em novembro.

Os percentuais de reajuste de cada serviço, como pulsos e assinatura básica, serão definidos posteriormente pela Anatel. Segundo o ministro, o índice negociado ficou abaixo do cálculo apresentado pelas empresas, que apontava para um aumento de 10,78 pontos percentuais acima dos 6,89% autorizados para este ano.

Com o acordo, o consumidor terá três reajustes de telefone neste ano, incluindo a revisão prevista para 2004, que determinou aumento médio de 6,89% na cesta básica de serviços e está em vigor desde o início de julho.

_______________ .

patrocínio

Bradesco

últimas quentes