Sábado, 19 de outubro de 2019

ISSN 1983-392X

Resultado do Sorteio de obra "Mídia e Poder Judiciário"

segunda-feira, 24 de março de 2008


Sorteio de obra

Migalhas tem a honra de realizar o sorteio de dois exemplares da obra "Mídia e Poder Judiciário" (Editora Lumen Júris - 445 p.) escrita e gentilmente oferecida por Fábio Martins de Andrade.

Sobre a obra:

O século XX foi marcado pelo rápido desenvolvimento dos principais órgãos da mídia existentes atualmente. Não passou desapercebido e foi especialmente percebido por dois dos principais personagens da história deste último centenário (Hitler e Stálin), que, para melhor controlar a situação política da nação, precisariam ter o controle dos principais órgãos da mídia, o que fizeram através da censura. Imagine-se, hoje, o poder dos governantes que detivessem o controle sobre os múltiplos e modernos órgãos da mídia nos dias que correm!?

Naquele século, o imenso Planeta Terra tornou-se uma pequena aldeia global e passou a situar-se na dimensão virtual. O crescente desenvolvimento e conseqüente barateamento dos equipamentos e acessórios eletrônicos tem sido notável e surpreendente.

Tanto desenvolvimento – imbricado com a necessidade sentida pelas antigas empresas/corporações multinacionais em se juntarem para então se tornarem mais competitivas no crescente mercado produtor/consumidor (conglomerados transnacionais) – vem colocando os principais órgãos da mídia no centro do cenário político, social, econômico, cultural etc., tanto nacional como também internacional.

Além de ocupar o centro da cena nacional, os órgãos da mídia – individual e integradamente – exercem relevante papel na interação com as demais instituições em cooperação ou em subordinação. Por um lado, a cooperação entre os órgãos da mídia e as principais instituições democráticas de um país geralmente representa a prestação de um enorme serviço àquela sociedade. A subordinação, por outro, leva à atrofia e ao amesquinhamento do desenvolvimento do processo cívico e democrático.

Sobre o autor:

Fábio Martins de Andrade é advogado e doutorando em Direito Público pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, mestre em Ciências Penais pela Universidade Candido Mendes, pós-graduado em Control Judicial de Constitucionalidad na Universidad de Buenos Aires, pós-graduado em Direito Processual Constitucional na UERJ, pós-graduado em Criminologia na Universidad de Salamanca, pós-graduado em Direito Penal Econômico na Universidad Castilla-La Mancha, pós-graduado em Direito Penal Econômico e Europeu na Universidade de Coimbra/Instituto Brasileiro de Ciências Criminais. É membro das seguintes instituições: Instituto Brasileiro de Ciências Criminais, Associação Internacional de Direito Penal, Sociedade Internacional de Criminologia, Instituto Brasileiro de Direito Constitucional, Associação Brasileira de Direito Financeiro, Internacional Fiscal Association e Associação Brasileira de Direito Tributário. Participou em dezenas de seminários, simpósios, congressos, módulos e cursos.

______________

 Resultado :

  • Daniel Farah de Santana, da AGU, de São Luís/MA
  • Cicero Calado da Silva, advogado em Glória de Dourados/MS

____________

patrocínio

Bradesco Advertisement VIVO

últimas quentes