Quinta-feira, 21 de março de 2019

ISSN 1983-392X

Renda fixa

Novas alíquotas a partir de janeiro

sexta-feira, 6 de agosto de 2004

 

Renda fixa

A partir de 1º de janeiro de 2005 serão adotadas novas alíquotas de IR para aplicações de renda variável e de renda fixa no país. Para os investimentos em ações no mercado à vista e em fundos de ações, a alíquota do IR passará dos atuais 20% para 15%.

Anunciadas hoje pelo governo, as medidas destinam-se a incentivar as aplicações financeiras de médio e longo prazos, tanto para renda fixa, quanto renda variável (ações). O objetivo é fortalecer o mercado de capitais e estimular a formação de poupança de longo prazo.

No caso dos fundos de investimento e demais aplicações de renda fixa será adotado um critério de tributação decrescente, de acordo com o prazo de permanência dos recursos na aplicação.

O dinheiro que ficar aplicado em até seis meses será tributado em 22,5% contra os 20% que era até agora. Se o dinheiro permanecer na aplicação entre 6 meses e 12 meses o imposto fica em 20%. De um ano a dois anos, o imposto será reduzido para 17,5% e acima desse prazo para 15%.

informativo de hoje

patrocínio

Bradesco

últimas quentes