Quarta-feira, 16 de outubro de 2019

ISSN 1983-392X

Resultado de Sorteio de obra "Código de Processo Civil Interpretado"

segunda-feira, 16 de junho de 2008


Sorteio da obra

Migalhas tem a honra de sortear a obra "Código de Processo Civil Interpretado" (1632 p.), escrita por Antônio Cláudio da Costa Machado, gentilmente oferecida pela Editora Manole.

Sobre a obra:

Completo, didático e fácil de manusear. Eis as três virtudes da presente edição do Código de Processo Civil Interpretado do Professor Antônio Cláudio da Costa Machado.

Completo, porque se trata da única obra no mercado que realmente apresenta interpretações artigo por artigo, parágrafo por parágrafo, inciso por inciso, além de um sem-número de notas interpretativas aos títulos dos Livros, Títulos, Capítulos, Seções e Subseções do CPC.

Didático, porque, sendo seu autor um professor de direito processual civil, a preocupação com o ensino e com o esclarecimento cuidadoso de cada instituto, de cada figura (sob os ângulos teórico e prático), é uma constante, tornando o trabalho um sucedâneo dos manuais existentes nas livrarias jurídicas.

Fácil de manusear e transportar, posto ter sido editado em formato reduzido, permitindo que o aluno leve todos os dias o seu Código Interpretado para a faculdade e o profissional, para o fórum.

“As inúmeras alterações introduzidas no estatuto processual civil pelas recentes Leis ns. 11.382/2006 (clique aqui) (que criou ou modificou 204 dispositivos e revogou 46), 11.418/2006 (clique aqui) (que criou 14), 11.419/2006 (clique aqui) (que criou ou alterou 19) e 11.441/2007 (clique aqui) (que criou 4 e modificou outros 4), num total de 291 dispositivos alterados, são motivos mais que suficientes para uma nova edição deste Código de Processo Civil Interpretado – artigo por artigo, parágrafo por parágrafo. O sucesso indiscutível da obra nesses últimos três anos é outra razão que justifica plenamente esta empreitada editorial.

Mais uma vez, não posso deixar de dar registro ao fato de que a chegada desta 6ª edição ao mercado ainda em fevereiro de 2007 se deve à soma de enormes esforços. Em primeiro lugar, ao meu próprio, representado por 49 dias de intensa dedicação (entre 8 de dezembro de 2006 e 31 de janeiro de 2007), quase 300 horas trabalhadas e 500 laudas manuscritas para fornecer à editora todos os novos comentários, sem falar das aproximadamente 150 alterações que tive de introduzir em textos antigos por conta das interferências interpretativas decorrentes da Reforma da Execução Extrajudicial, principalmente. Em segundo lugar, ao grande esforço de coordenação dos trabalhos editoriais de Sônia Midori Fujiyoshi, que não poupou energia no comando da valorosa equipe de digitadores, revisores e diagramadores, sem os quais o livro não estaria pronto para a minha revisão final nos primeiros dias de fevereiro. E, finalmente, em terceiro lugar, à determinação empresarial e ao constante encorajamento dirigido a todos nós pela família Manole (Dr. Dinu, Amarylis, Roberto e Daniela), que viu e continua vendo neste CPC Interpretado um grande projeto.

Por derradeiro, quero apenas consignar que o novo formato da obra (13 x 18 cm) permitiu, a um só tempo, a diminuição do número de páginas e a facilitação do manuseio e do transporte, mesmo com a manutenção de todos os textos revogados e alterados pelas Reformas no corpo do livro, método inédito que mais uma vez empregamos para viabilizar a melhor compreensão das modificações empreendidas.”

  • Da Apresentação de Antônio Cláudio da Costa Machado

Sobre o autor:

Antônio Cláudio da Costa Machado é professor de Teoria Geral do Processo e Direito Processual Civil da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP), desde 1984. Professor dos cursos de pós-graduação stricto sensu e lato sensu da Faculdade de Direito de Osasco – Centro Universitário FIEO (UNIFIEO). Coordenador de Processo Civil da EPD - Escola Paulista de Direito. Advogado e consultor jurídico em São Paulo.

__________

Resultado:

  • Marcelo Scigliani Martini, auxiliar jurídico da Usina Itaiquara S/A, em São José do Rio Pardo/SP


____________

patrocínio

Bradesco Advertisement VIVO

últimas quentes