Sábado, 21 de setembro de 2019

ISSN 1983-392X

PF prende Daniel Dantas novamente

x

quinta-feira, 10 de julho de 2008


Operação Satiagraha

PF prende Daniel Dantas novamente

Cerca de dez horas após o ministro Gilmar Mendes conceder HC ao banqueiro Daniel Dantas dizendo que não havia fundamentos suficientes que justificassem o decreto de prisão temporária, ele volta a ser preso pela PF em SP.

Agora a prisão é preventiva e não mais temporária. O pedido foi feito pelo mesmo juiz da 6ª Vara, Fausto de Sanctis.

Segundo a polícia, a ordem de prisão preventiva foi solicitada "em razão de documentos encontrados nas buscas realizadas na terça-feira" e depoimento de uma testemunha "que fortaleceu a ligação entre o preso e a prática do crime de corrupção (suborno) contra um policial federal que participava das investigações".

Segundo a PF, a prisão ocorreu em um escritório na avenida 9 de Julho, em São Paulo. O banqueiro voltará para a mesma carceragem da PF onde esteve preso entre a manhã de terça e a manhã desta quinta.

Dantas foi preso na terça-feira e havia deixado a carceragem da PF às 5h35 de hoje, 10/7.

HC

Dantas, a irmã e outros nove funcionários do banco Opportunity foram beneficiados por um HC concedido pelo presidente do STF ontem à noite, 9/7.

Todos tinham prisão decretada e foram procurados durante a Operação Satiagraha, que investiga desvio de verbas públicas e crimes financeiros. Dois deles não chegaram a ser detidos.

Para o ministro Gilmar Mendes, não há fundamentos suficientes que justifiquem o decreto de prisão temporária. Segundo ele, "ainda que tais fundamentos fossem suficientes, o tempo decorrido desde a deflagração da operação policial indica a desnecessidade da manutenção da custódia temporária para garantir a preservação dos elementos probatórios."

O ministro Gilmar Mendes não quis comentar hoje a decisão da Justiça Federal de prender novamente o banqueiro Daniel Dantas.

Ele chegou ao STF às 16h30 e abordado por jornalistas declarou que não comentaria o assunto.

Operação

O nome da operação, Satiagraha, significa resistência pacífica e silenciosa, conforme nota divulgada pela PF. Dos 17 mandatos de prisão, foram cumpridos 8 em São Paulo e 9 no Rio. A PF ainda busca outras 7 pessoas. Todos os 56 mandados de busca e apreensão foram cumpridos, sendo 38 em São Paulo, 16 no Rio, 1 na Bahia e 1 no Distrito Federal.

Os agentes da PF apreenderam carros e R$ 1 milhão na casa de um dos detidos.

Celso Pitta e Naji Nahas pedem extensão da liminar concedida a Daniel Dantas pelo STF

Após a decisão da noite de ontem, 9/7, do ministro Gilmar Mendes, presidente do STF, concedendo o pedido de liminar para soltar o banqueiro Daniel Dantas, outros presos pela mesma Operação Satiagraha entraram hoje, 10/7, com pedido para que a decisão no HC 95009 (clique aqui) seja estendida a eles.

Até às 15h, já haviam chegado ao Supremo os pedidos de extensão em favor de Carmine Henrique, Carmine Henrique Filho, Antonio Moreira Dias Filho, Roberto Sandi Caldeira Bastos, Maria do Carmo Antunes Jannini, Naji Robert Nahas, Fernando Naji Nahas, Celso Roberto Pitta do Nascimento e Miguel Jurno Neto.

_________
______________

Leia mais

  • 10/7/2008 - STF concede liberdade ao banqueiro Daniel Dantas -clique aqui.
  • 9/7/2008 - STF permite acesso de Daniel Dantas ao processo -clique aqui.
  • 9/7/2008 - STF deve analisar hoje HC do banqueiro Daniel Dantas e sua irmã Verônica Dantas -clique aqui.
  • 8/7/2008 - PF prende Celso Pitta, Daniel Dantas e Naji Nahas -clique aqui.

__________________

patrocínio

Bradesco VIVO

últimas quentes