Quarta-feira, 19 de junho de 2019

ISSN 1983-392X

Suspenso pedido de prisão de Kia Joorabchian

terça-feira, 19 de agosto de 2008

Liminar do STF suspende pedido de prisão

Na noite desta terça-feira, o ministro Celso de Mello, atendendo pedido do advogado Roberto Podval (Podval, Rizzo, Mandel, Antun, Indalecio e Advogados), suspendeu, cautelarmente, a eficácia da decisão que decretou a prisão preventiva de Kiavash Joorabchian, empresário iraniano ex-presidente da MSI e acusado pelos crimes de lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.
Podval recorreu ao STF pedindo o arquivamento da ação penal e a revogação de qualquer mandado de prisão contra seu cliente.

No HC, agora liminarmente deferido, o festejado criminalista Roberto Podval explica que a MSI foi parceira do time de futebol do Corinthians, mas que não existem elementos que demonstrem a ligação entre os valores supostamente ocultados a partir da parceria MSI/Corinthians com os crimes apontados na denúncia, recebida pela 6ª Vara.

Em despacho, o ministro Celso de Mello determinou...

"...até final julgamento desta ação de 'habeas corpus", suspender, cautelarmente, a eficácia da decisão que decretou a prisão preventiva do ora paciente, proferida nos autos do Processo nº 2006.61.81.008647-8 (6ª Vara Criminal da 1ª Subseção Judiciária do Estado de São Paulo). Comunique-se, com urgência (...) Publique-se."

Processo HC 94404

___________________

patrocínio

VIVO

últimas quentes