Sábado, 21 de setembro de 2019

ISSN 1983-392X

Resultado do sorteio da obra "Curso de Direito Processual do Trabalho"

segunda-feira, 3 de novembro de 2008


Resultado do sorteio de obra

Migalhas tem a honra de anunciar o ganhador da obra "Curso de Direito Processual do Trabalho - 6ª edição" (1468 p.), escrita por Eduardo Gabriel Saad, José Eduardo Duarte Saad e Ana Maria Saad Castello Branco,gentilmente oferecida pela LTr Editora, e sorteada em homenagem ao Dia do Comerciário.

Sobre a obra :

"A presente obra é um importante referencial na área do Direito Processual do Trabalho pela abrangência e densidade de seu conteúdo. O Curso de Direito Processual do Trabalho reveste-se de inestimável importância no cenário jurídico do país, por se tratar de instrumento de realização e aplicação do Direito do Trabalho, seguramente o ramo do direito mais importante do ponto de vista social e humanístico. Eduardo Gabriel Saad, jurista de renome e que dispensa apresentações, desde a primeira edição desta obra, enfrentou, com profundidade, todos os temas processuais relevantes, aliando a teoria à prática. Contribuiu, de maneira decisiva, para a consolidação da autonomia doutrinária do Direito Processual do Trabalho, que hoje não mais se questiona. Podemos afirmar, com segurança, que Saad se imortalizou não apenas com a presente obra, mas com os inúmeros e importantes livros que editou, dentre os quais a CLT Comentada, hoje na 41. edição." - Ministro Vantuil Abdala, do Tribunal Superior do Trabalho

Contém o livro as Súmulas do STF, STJ e TST, que tenham natureza processual, atualizadas e com índice remissivo unificado, permitindo uma fácil visualização do posicionamento de nossos Tribunais.

A obra apresenta um índice remissivo e analítico de todo seu conteúdo, com inúmeras entradas de consulta, o que facilita seu manuseio. Possui, ainda, mais de 100 modelos de petições, em fascículo apartado, o que permite a aplicação prática dos preceitos processuais do Direito do Trabalho, sem impedir o seu uso em concursos públicos ou exames da OAB.


Sobre o Dia do Comerciário :

Em 1908, um grande número de pessoas criaram a União dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro, onde os caixeiros (como eram chamados os empregados no comércio), os escriturários, os guarda-livros e outros uniram-se contra os abusos e contra a escravidão a que eram submetidos pelos comerciantes. Em 1932, no dia 29 de outubro, às 10 horas da manhã, um punhado de caixeiros das ruas Carioca, Gonçalves Dias, Largo de São Francisco, Rua do Ouvidor e adjacências aglomerou-se no Largo da Carioca. O volume de gente foi aumentando até chegar o pessoal do Lloyd Brasileiro, da Costeira (que eram sócios da União dos Empregados no Comércio do Rio de Janeiro), os Ferroviários da Central do Brasil, o pessoal da Ligth, os Bancários, os Professores e os Jornalistas, que foram juntando-se e marcharam para o Catete (palácio do Governo Federal). Getúlio Vargas então presidente da Nação os recebeu na sacada do Palácio e, naquele memorável dia foi assinado o Decreto Lei nº 4.042, de 29 de outubro de 1932, que regulamentando a jornada de trabalho, reduziu a carga horária escrava de 12 horas diárias, para 8 horas. O decreto-lei 4.042/32, foi publicado no Diário Oficial da União em 30/10/1932, por isso 30 de outubro é o Dia do Comerciário.



________________

 Ganhador :

Rogerio Costa, advogado em Uruçui/PI

________________

patrocínio

Bradesco VIVO

últimas quentes