Sábado, 20 de abril de 2019

ISSN 1983-392X

MP/SC abre canal virtual educativo e institucional

O MP/SC abriu seu canal próprio no YouTube, o maior portal de vídeos na internet, voltado à divulgação de conteúdo institucional e educativo.

sexta-feira, 26 de dezembro de 2008


Portal

MP/SC abre canal virtual educativo e institucional

O MP/SC abriu seu canal próprio no YouTube voltado à divulgação de conteúdo institucional e educativo. A iniciativa é pioneira entre os órgãos do Sistema de Justiça brasileiro e visa atrair especialmente o público jovem para a discussão sobre os direitos sociais e coletivos e para a cidadania.

O canal, clique aqui, faz parte do projeto "VideO Seu Direito", que foi implantado a partir deste ano, e abre com cinco vídeos interativos que mostram casos de atuação de Promotores de Justiça na defesa do direito à Saúde, do Idoso, à Educação e do Meio Ambiente.

A utilização do YouTube para a criação de um canal público foi uma decisão estratégica da Procuradoria-Geral de Justiça, pela popularidade do portal entre os jovens e adolescentes e pelo custo próximo de zero.

Ao contrário do que ocorre para a manutenção de um portal próprio de vídeos, a hospedagem no YouTube é gratuita e dispensa investimentos em provedores e programas de exibição e armazenagem de arquivos audiovisuais. Além disso, o YouTube está na vanguarda do desenvolvimento de recursos de publicação, exibição e distribuição de conteúdo audiovisual em meio digital. Muitos desses recursos, ainda em fase experimental, especialmente os de interatividade, já estão sendo utilizados no canal do MP/SC.

O projeto "VídeO Seu Direito", sob a supervisão do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional e da Coordenadoria de Comunicação Social do MP/SC, é desenvolvido com recursos próprios da Instituição e visa a produção de vídeos institucionais educativos para esclarecer a população sobre seus direitos e a atuação do Ministério Público. Para a gravação de imagens e entrevistas, foi utilizada uma câmera apreendida pela Receita Federal e doada ao MP/SC.

O primeiro vídeo, "Os Direitos do Cidadão e o Promotor de Justiça", foi finalizado no início de outubro deste ano e distribuído em DVD para todas as Promotorias de Justiça do Estado. O DVD contém extras, no formato slideshow, criados como suporte a palestras junto à comunidade, uma atividade muito comum no dia-a-dia de um Promotor de Justiça, principalmente nas comarcas do interior. O DVD também será distribuído a todas as escolas da rede estadual de ensino. Os DVDs, bem como as fitas MiniDV para as gravações, também foram doados pela Receita Federal.

O único investimento do MP/SC para a produção do vídeo foram os custos com deslocamento do servidor da Instituição e dos motoristas. A produção e a captação de imagens e entrevistas para o primeiro DVD, a partir do qual foram editados os cinco vídeos publicados no YouTube, ocorreram entre junho e agosto de 2008 e ocuparam cerca de 10h de gravação. A edição, pós-produção e elaboração do DVD, feita pela própria Coordenadoria de Comunicação Social, ocorreu nos meses de agosto e setembro.

O canal do MP/SC no YouTube foi aberto, em caráter experimental, no dia 9 de outubro. Para a publicação no canal, o vídeo recebeu recursos interativos pouco conhecidos do grande público e que ainda não são possíveis, nem mesmo nos sistemas de TV Digital. O usuário pode acessar textos complementares exibidos na tela simultaneamente à exibição do vídeo e que explicam com mais profundidade o caso que está sendo mostrado.

O vídeo, que retrata quatro casos de atuação do Ministério Público e apresenta depoimentos dos cidadãos atendidos em um formato de documentário, tem pouco mais de nove minutos de duração. No YouTube, o canal apresenta a versão integral, idêntica a do DVD, e quatro versões menores, com 2 minutos em média, retratando cada caso especificamente. Todos os cinco vídeos são relacionados através de links que permitem ao usuário passar de um para o outro, imediatamente, de maneira que o espectador possa atuar também como editor do conteúdo.

_________________

patrocínio

Bradesco VIVO

últimas quentes