Terça-feira, 23 de abril de 2019

ISSN 1983-392X

Itália tem cinco dias para se manifestar sobre pedido de liberdade de Cesare Battisti

O ministro do STF Cezar Peluso deu cinco dias para o governo italiano se manifestar sobre o pedido de liberdade feito pela defesa de Cesare Battisti, no processo de EXT 1085. No despacho, datado no dia 29, ontem, Peluso requisita, ainda, ao ministro da Justiça, cópia integral da decisão do Conare (Comitê Nacional para os Refugiados) que negou pedido de refúgio para o escritor italiano.

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009


Prazo

Itália tem cinco dias para se manifestar sobre pedido de liberdade de Cesare Battisti

Em despacho publicado ontem, 29/1, o ministro do STF Cezar Peluso determinou que o governo italiano se manifeste sobre o pedido de liberdade feito pela defesa de Cesare Battisti, no processo de EXT 1085.

No despacho, Peluso requisita, ainda, ao ministro da Justiça, cópia integral da decisão do Conare - Comitê Nacional para os Refugiados que negou pedido de refúgio para o escritor italiano.

De acordo com o ministro, não há dúvida do interesse jurídico do Estado em manifestar-se. "O Estado requerente [Itália] é parte neste processo, que, instaurado a seu pedido, não pode deixar de atender, em certos limites, às exigências do contraditório".

Dessa forma, o Estado italiano tem cinco dias para se manifestar, "inclusive para, querendo, responder, mediante contraminuta, ao agravo regimental [da defesa de Battisti]", determinou o ministro.

"EM 29/01/09 - "PONHO ORDEM AO PROCESSO...4. ASSIM, DETERMINO: A) SE REQUISITE AO EXMO. SR. MINISTRO DA JUSTIÇA CÓPIA INTEGRAL DA DECISÃO DO CONARE QUE DENEGOU O PEDIDO DE REFÚGIO, SOLICITANDO ATENDIMENTO URGENTE; E B) SE INTIME O ESTADO REQUERENTE A MANIFESTAR-SE, COMO REQUERIDO, INCLUSIVE PARA, QUERENDO, RESPONDER, MEDIANTE CONTRAMINUTA, AO AGRAVO REGIMENTAL, TUDO DENTRO DO PRAZO DE 5 (CINCO) DIAS. PUBLIQUE-SE. INTIME-SE."

Pedido de liberdade

Sem providências a respeito do pedido de extinção do processo de extradição, tendo em vista a concessão de refúgio a Cesare Battisti pelo governo brasileiro, do agravo regimental contra a decisão do presidente Gilmar Mendes, que pediu parecer à Procuradoria Geral da República, e do pedido de vista do governo italiano, o STF não pode não analisar o pedido de liberdade feito pela defesa de Battisti, explicou Peluso. Neste ponto, o ministro ressaltou que a "eventual apresentação de novos requerimentos sobre esses mesmos assuntos substantivos poderá retardar o desfecho do processo".

Processo

Cesare Battisti cumpre, desde março de 2007, na Penitenciária da Papuda, em Brasília, prisão preventiva para fins da extradição solicitada pelo governo da Itália. O pedido de extradição se baseia em condenação imposta a Battisti pela justiça daquele país, por quatro assassinatos que teriam sido cometidos entre 1977 e 1979.

No último dia 13, o ministro da Justiça Tarso Genro concedeu refúgio político ao italiano, o que motivou a defesa de Battisti a entrar com pedido de sua libertação, bem como de extinção do processo no Supremo, com base no artigo 33 da lei 9.474/97 (Estatuto do Refugiado - clique aqui), que não permite a extradição de refugiados políticos.

Antes de analisar o pedido, o presidente da Corte, ministro Gilmar Mendes, pediu parecer ao procurador-geral da República.

_________
______________

Leia mais

  • 30/1/09 - Carta ao STF - Caso Battisti - clique aqui
  • 27/1/09 - Itália chama embaixador no Brasil para consultas por causa de Caso Battisti – clique aqui
  • 27/1/09 - Chega ao Supremo parecer da PGR na Extradição do italiano Cesare Battisti - clique aqui
  • 25/1/09 - Governo da Itália quer ser ouvido sobre pedido de liberdade de Cesare Battisti - clique aqui
  • 22/1/09 - MJ recebe documento com cerca de 90 assinaturas em apoio ao refúgio concedido ao italiano Cesare Battisti - clique aqui
  • 17/1/09 - STF pede parecer do MP antes de julgar caso de Cesare Battisti - clique aqui
  • 14/1/09 - Tarso Genro aprova refúgio do escritor italiano Cesare Battisti - clique aqui
  • 3/4/08 - Cesare Battisti não cometeu crime político e deve ser extraditado, diz PGR - clique aqui
  • 27/11/07 - Câmara Municipal de Ribeirão Preto externa solidariedade ao italiano Cesare Battisti em requerimento ao STF - clique aqui

______________

informativo de hoje

patrocínio

Bradesco VIVO
Advertisement

últimas quentes