Segunda-feira, 27 de maio de 2019

ISSN 1983-392X

Entidades se reúnem com líderes do governo, do PSDB e superindente do IPESP para tratar da carteira de previdência

Os presidentes da OAB/SP, Luiz Flávio Borges D'Urso, da AASP; Fabio Ferreira de Oliveira; do IASP, Maria Odete Duque Bertasi, participaram ontem, dia 3/2, na Assembléia Legislativa, de duas reuniões. A primeira com o deputado estadual Samuel Moreira, lider da bancada do PSDB, e com o superintendente do Ipesp, Carlos Flory. Reuniram-se, na sequência, com o líder do governo na Alesp, deputado Barros Munhoz. Em ambos os encontros discutiram o futuro da Carteira de Previdência dos Advogados, gerida pelo Ipesp.

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009


Carteira de Previdência

Entidades se reúnem com líderes do governo, do PSDB e superindente do IPESP para tratar da carteira de previdência

Os presidentes da OAB/SP, Luiz Flávio Borges D'Urso, da AASP; Fabio Ferreira de Oliveira; do IASP, Maria Odete Duque Bertasi, participaram ontem, dia 3/2, na Assembléia Legislativa, de duas reuniões. A primeira com o deputado estadual Samuel Moreira, lider da bancada do PSDB, e com o superintendente do Ipesp, Carlos Flory. Reuniram-se, na sequência, com o líder do governo na Alesp, deputado Barros Munhoz. Em ambos os encontros discutiram o futuro da Carteira de Previdência dos Advogados, gerida pelo Ipesp.

"As três entidades têm se empenhado na ampliação do diálogo com o maior número de interlocutores do governo para fazer avançar o debate em torno de uma solução para a Carteira de Previdência dos Advogados no Ipesp", explica D'Urso. O Ipesp será extinto de acordo com a LC 1.010/07, que criou a SPPrev, sem fixar o destino da Carteira dos Advogados, que conta com 37 mil participantes, sendo 3.300 de aposentados e pensionistas.

Durante o mês de janeiro, os presidentes das três entidades realizam audiências com o secretário estadual de Justiça e Cidadania, Luiz Antonio Guimarães Marrey, e com o presidente da Assembléia Legislativa, Vaz de Lima.

Com o secretário Marrey, as entidades reforçaram a proposta no sentido de que o Estado continue gerindo a Carteira de Previdência dos Advogados, sendo que a Carteira paga ao gestor 3% da arrecadação.

Para Vaz de Lima, pediram apoio aos projetos voltados a assegurar o direito dos advogados na Carteira de Previdência dos Advogados, que tramitam no Legislativo Estadual, ou seja, PLC 50/08 (clique aqui) do deputado Carlos Giannazi e o PL 183/08 (clique aqui), do deputado Hamilton Pereira.

Nas reuniões também estivavmpresentes, o diretor-tesoureiro, da OAB/SP, Marcos da Costa, e o ex-presidente da AASP, Márcio Kayatt.

______________















______________

patrocínio

Bradesco VIVO
Advertisement

últimas quentes