Segunda-feira, 27 de maio de 2019

ISSN 1983-392X

Resultado da promoção - Homenagem à família de juristas do escritório Arruda Alvim e Thereza Alvim Advocacia e Consultoria Jurídica

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009


Promoção imperdível

Homenagem aos grandes doutrinadores do direito brasileiro

Grandes nomes do Direito esperam por você nesta volta à rotina acadêmica. Alunos, professores e estudiosos do Direito podem concorrer, após merecidas férias, a inúmeras obras de renomados autores.

Migalhas homenageia, diariamente, nomes consagrados do meio jurídico e você pode levar esses grandes doutrinadores para sua prateleira.

A homenagem de hoje é para a família de juristas do escritório Arruda Alvim e Thereza Alvim Advocacia e Consultoria Jurídica.Os aquilatados juristas, José Manoel de Arruda Alvim Netto e Thereza Celina Diniz de Arruda Alvim, possuem desde 1960 o renomado escritório de advocacia que recebeu, em 1984, o nome de Arruda Alvim e Thereza Alvim Advocacia e Consultoria Jurídica, com a estrutura que hoje se apresenta. Afora os titulares já mencionados, respeitados nomes do Direito compõem seu quadro de sócios e associados, entre eles, os ilustres Angélica Muniz Leão de Arruda Alvim e Eduardo Pellegrini Arruda Alvim, que também recebem nossa homenagem. Conheça as obras e acesse o link, no final desta página, para participar. Sete participantes de sorte poderão receber em casa uma das obras dos autores.


Sobre as obras :

"Manual de Direito Processual Civil"(RT - volume I e II)

Os presentes volumes de autoria do jurista Arruda Alvim servem de base para todo o estudo do Direito Processual Civil. Tratam, inicialmente, da própria disciplina (origens, evolução e inter- relações) e de sua revisão dogmática em face da evolução do sistema jurídico. Em seguida, examinam seus objeto - normas processuais civis, jurisdição, órgãos judiciários, prevenção, competência, teoria da ação, ato processual, tempo no processo, pressupostos processuais, Justiça Federal, MP e advogado.



"Revista Autônoma de Direito Privado" (Editora Juruá - nº 2 - 351 p.)

No segundo volume da Revista Autônoma de Direito Privado coordenada por Arruda Alvim e Angélica Arruda Alvim, estão reunidos artigos atualíssimos e parecer de reconhecido jurista, tendo sido abordados assuntos de grande relevância envolvendo posse e propriedade, responsabilidade civil em geral, responsabilidade civil dos fundos de investimento, direito de sucessões e família à luz não apenas do Código Civil, mas também da Constituição Federal, contrato de corretagem, direitos fundamentais, incorporação imobiliária, função social da propriedade, usucapião, títulos de crédito, dentre outros. Completam este volume, na Seção Direito Vivo, comentários a julgados recentes do Supremo Tribunal Federal sobre temas relevantes na área do Direito Privado.



"Revista Autônoma de Processo" (Editora Juruá - nº 2 - 559 p.)

Coordenada pelos doutrinadores Arruda Alvim e Eduardo Alvim, o segundo volume da Revista Autônoma de Processo traz aos leitores artigos de diversos professores, bem como parecer de renomados juristas, os quais tratam de temas atuais e relevantes na área de processo tais como as alterações do Código de Processo Civil envolvendo o recurso de agravo, ação de investigação e alimentos, ações coletivas, mandado de segurança coletivo, antecipação de tutela e direitos fundamentais, arbitragem, recursos em geral, coisa julgada, responsabilidade civil, recurso de embargos de declaração na Justiça do Trabalho, jurisdição e competência, a posição dos sócios nas ações movidas contra a sociedade, dentre outros. Completam este volume, na Seção Direito Vivo, comentários a julgados recentes dos Tribunais Superiores a respeito da investigação de paternidade e da prescrição no processo tributário.



"Comentários ao Código Civil Brasileiro - do Direito das Sucessões (Arts. 1.912 a 2.046)" (Editora Forense - volume XVII - 669 p.)

Estes 'Comentários' sob coordenação de Arruda Alvim e Thereza Alvim reúnem estudiosos do Direito Privado, voltados ao entendimento do Novo Código Civil, aprovado pela Lei Federal n° 10.406, de 10 de janeiro de 2002. Muitos desses juristas são pesquisadores e docentes da Faculdade Autônoma de Direito de São Paulo (FADISP), tendo obras consagradas na literatura jurídica. Aspira-se, com estes "Comentários", à divulgação e à aplicação do Novo Diploma Civil, diante dos desafios por este apresentados, constituindo-se em material de apoio interpretativo aos operadores do Direito. A intenção final é a de disponibilizar a todos uma obra completa e de fácil consulta, cujas anotações estão separadas por artigos, que se presta a solucionar as dúvidas, que por certo surgem e surgirão com a aplicação das novas normas privadas, sem deixar de lado o rigor científico e o compromisso com a ciência jurídica.



"Direito Processual Civil" (RT - 2ª edição - 1.102 p.)

Após generosa acolhida da edição anterior, a significativa obra de Eduardo Arruda Alvim se mostra agora renovada, reunindo em um único volume o antigo vol. 1 (Teoria geral do processo e Processo de conhecimento) e o antigo vol. 2 (Recursos). A providência visou tornar mais fácil e prática a consulta e proporcionar melhor portabilidade. Seu texto, por outro lado, foi integralmente atualizado, com todas as alterações processadas no sistema processual brasileiro nos últimos anos, devidamente comentadas e interpretadas. Com base nas aulas que o Autor vem ministrando há quase 20 anos, a obra é voltada para o conteúdo da disciplina específica nos diversos níveis da graduação e pós-graduação, contando, inclusive, com a participação dos alunos no seu desenvolvimento e na busca por uma visão prática e completa da matéria.



Sobre os autores:

Angélica Muniz Leão de Arruda Alvim é Bacharel em Direito pela Faculdade Paulista de Direito da PUC/SP. Mestrado em Direito das Relações Sociais. Especialista em Direito Processual Civil. Professora de Direito Civil da Faculdade de Direito da PUC/SP desde 1.993. Professora de Direito Civil da FADISP – Faculdade Autônoma de Direito de São Paulo, da qual é co-fundadora, desde 2.002. Professora-regente da cadeira de Direito Civil do Curso de Estágio da Faculdade de Direito da PUC/SP desde 2.005. Advogada do escritório Arruda Alvim e Thereza Alvim Advocacia e Consultoria Jurídica com atuação em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. Coordenadora da Revista Autônoma de Direito Privado, da Editora Juruá. Membro do Conselho Editorial da Revista Autônoma de Processo, Ed Juruá. Membro do Conselho Editorial da REPRO, Revista de Processo, Ed. Revista dos Tribunais.

Eduardo Pellegrini Arruda Alvim é Bacharel em Direito pela Faculdade Paulista de Direito da PUC/SP. Mestre em Direito das Relações Sociais. Doutorando na área de Direito das Relações Sociais - PUC/SP. Professor auxiliar de ensino em Processo Civil, sob a regência do Prof. Dr. Nelson Nery Jr. - cadeira: Processo Civil - anos 1992 a 1995 - Faculdade de Direito da PUC/SP. Professor regente de Direito Processual Civil na PUC/SP, desde 1.995. Professor de graduação da FADISP (Faculdade Autônoma de Direito de São Paulo), desde sua fundação (2.002). Chefe de Departamento de Direito Processual Civil na Faculdade Autônoma de Direito de São Paulo (FADISP) de 2.002 a 2.005. Coordenador Pedagógico da Faculdade Autônoma de Direito de São Paulo (FADISP) desde 2.006. Professor do Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Direito Processual Civil da FADISP, Faculdade Autônoma de Direito de São Paulo. Professor dos Cursos de Especialização em Direito Processual Civil, Direito Tributário e Direito Processual Tributário da PUC/SP (COGEAE). Advogado do escritório Arruda Alvim e Thereza Alvim Advocacia e Consultoria Jurídica com atuação em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília.

José Manoel de Arruda Alvim Netto é Mestre e Doutor em Direito pela PUC/SP. Livre-Docente e Titular, em Direito Processual Civil, pela PUC/SP. Foi Procurador da Fazenda Nacional de São Paulo. Exerceu a advocacia até 1979, ano em que passou a integrar o Poder Judiciário, pelo quinto constitucional, tendo aposentado como Desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo em 1984, além de ter sido Juiz do Primeiro Tribunal de Alçada Civil de São Paulo. Desde então, voltou a atuar como advogado e consultor jurídico do escritório Arruda Alvim e Thereza Alvim Advocacia e Consultoria Jurídica com atuação em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. Professor do Curso de Mestrado e do Curso de Especialização da Faculdade Autônoma de Direito - FADISP, da qual é co-fundador. Professor do Curso de Mestrado e Doutorado e Coordenador da área de Direito Civil da PUC/SP. Coordena, ao lado de Eduardo Arruda Alvim, a Revista Autônoma de Processo (Juruá), compondo, ainda, a Diretoria Executiva dessa Revista. Coordena, ao lado de Angélica Arruda Alvim, a Revista Autônoma de Direito Privado (Juruá), compondo, ainda, a Diretoria Executiva dessa Revista. Diretor da Revista Forense (Editora Forense). Possui inúmeros trabalhos publicados no Brasil e no exterior, em revistas especializadas, tendo vários volumes de obras publicadas. É autor de cerca de uma centena de artigos publicados em revistas especializadas e obras coletivas, no Brasil e no Exterior.

Thereza Celina Diniz de Arruda Alvim é Bacharel em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC/SP). Mestre e Doutora em Direito pela PUC/SP. Professora Associada da PUC/SP. Especialista em Direito Comercial pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (USP). Coordenadora do Curso de Pós-Graduação (Mestrado) da Faculdade Autônoma de Direito – FADISP. Professora do Mestrado e do Curso de Especialização da mesma instituição. Professora dos Cursos de Mestrado e Doutorado da PUC/SP. Foi Assessora Jurídica do Reitor da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Foi Procuradora do Estado de São Paulo. Foi assessora jurídica direta do Secretário da Educação de São Paulo. Foi Procuradora junto á Procuradoria administrativa e Consultora Jurídica da Reitoria da Universidade de São Paulo. Foi consultora da Secretaria da Justiça do Estado de São Paulo. Exerce a advocacia desde 1959, como advogada e consultora do escritório Arruda Alvim e Thereza Alvim Advocacia e Consultoria Jurídica com atuação em São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. Membro do Conselho Diretivo da Revista Autônoma de Processo, da Editora Juruá. Membro do Conselho Diretivo da Revista Autônoma de Direito Privado, da Editora Juruá.

__________________

Ganhadores :

  • Os sortudos ganhadores dos 3 exemplares do "Manual de Direito Processual Civil" (RT - v. I e II) são:
    • Claudia do Amaral Furquim, procuradora do Meio Ambiente, em Brasília/DF;
    • Celso Antonio Guimarães, advogado do Conglomerado Financeiro Schahin, em São Paulo/SP;
    • Cristiane Druve Tavares Fagundes, advogada da Elekeiroz, em Jundiaí/SP.
  • O contemplado com o livro "Direito Processual Civil" (RT - 1.102 p.) é Daniel Maciel, estagiário da MMX Sudeste Mineração Ltda, em Belo Horizonte/MG.
  • A feliz ganhadora que receberá em casa a obra "Comentários ao Código Civil Brasileiro - do Direito das Sucessões (Arts. 1.912 a 2.046)" (Editora Forense - v. XVII - 669 p.) é Erika Diogo, advogada da Empresa de Investimento em Energias Renováveis S.A., em São Paulo/SP.
  • O agraciado com o exemplar da "Revista Autônoma de Direito Privado" (Editora Juruá - nº 2 - 351 p.) é Gustavo C. Godinho, advogado da Tivit Terceirização de Tecnologia e Serviços S/A, em São Paulo/SP.
  • O premiado com a "Revista Autônoma de Processo" (Editora Juruá - nº 2 - 559 p.) é Leonardo André Gobbo Donoso, advogado da Sadia S/A, em Araucária/PR.

_________________




patrocínio

Bradesco VIVO
Advertisement

últimas quentes