Sábado, 19 de outubro de 2019

ISSN 1983-392X

Apresentador e comentarista de TV firmam TAC com o MP

O apresentador Milton Neves e o comentarista Oscar Roberto Godoy, do programa "Terceiro Tempo", da Rede Bandeirantes de Televisão, assinaram um Termo de Ajustamento de Conduta - TAC com o Grupo de Atuação Especial de Inclusão Social - GAEIS do MP comprometendo-se a fazer uma retratação pública das afirmações de Godoy em julho de 2007, durante um programa que Neves apresentava na Rede Record.

terça-feira, 17 de fevereiro de 2009


Ajustamento de Conduta

Apresentador e comentarista de TV firmam TAC com o MP

O apresentador Milton Neves e o comentarista Oscar Roberto Godoy, do programa "Terceiro Tempo", da Rede Bandeirantes de Televisão, assinaram um Termo de Ajustamento de Conduta - TAC com o Grupo de Atuação Especial de Inclusão Social - GAEIS do MP comprometendo-se a fazer uma retratação pública das afirmações de Godoy em julho de 2007, durante um programa que Neves apresentava na Rede Record.

As declarações de Godoy, naquela época, geraram um inquérito civil do GAEIS para apurar eventual prática de discriminação racial em sua análise sobre a presença de negros na seleção brasileira de futebol.

Retratação

No programa do último domingo, dia 15, Milton Neves e Oscar Roberto Godoy abordaram a questão e Godoy retratou-se deixando claro que os termos utilizados anteriormente não tiveram por objetivo a promoção de discriminação racial.

"Em razão de afirmações feitas por minha pessoa em debate acerta da seleção brasileira no ano de 2007, gostaria de dizer a quem possa interessar que nunca tive intenção de ofender qualquer pessoa; sou absolutamente contra o racismo, de qualquer natureza, especialmente no futebol, cujo maior símbolo neste país é Pelé, jogador afro-descendente, maior expoente do esporte brasileiro, eleito atleta do século", disse Godoy, em cumprimento ao Termo de Ajustamento de Conduta firmado com o MP.

_______________

patrocínio

Bradesco Advertisement VIVO

últimas quentes