Sábado, 21 de setembro de 2019

ISSN 1983-392X

Estilização profissional veste os textos produzidos pelos advogados em petições, contratos e demais peças de terno e gravata

A empresa DocStyles desenvolve uma forma de colaborar para que os escritórios possam dar uma nova "roupagem" para seus textos. Ela coloca terno e gravata nos conteúdos, porém, com tecidos e cortes atuais, tudo isso porque a tendência atual é dar leveza aos textos, facilitando a leitura e sua retenção.

sexta-feira, 6 de março de 2009


Layout

Estilização profissional veste os textos produzidos pelos advogados em petições, contratos e demais peças de terno e gravata

A empresa DocStyles desenvolve uma forma de colaborar para que os escritórios possam dar uma nova "roupagem" para seus textos. Ela coloca terno e gravata nos conteúdos, porém, com tecidos e cortes atuais, tudo isso porque a tendência atual é dar leveza aos textos, facilitando a leitura e sua retenção.

  • Confira abaixo mais informações.

_____________

Power point "jurídico"

"O grande problema do advogado na hora de fazer sua apresentação profissional, corporativa ou apresentar alguma estratégia de ação para o cliente, é parecer uma empresa comercial ou um business plan de uma consultoria genérica. A apresentação Power Point precisa se revestir com o perfil jurídico, do ambiente do advogado…", afirmou o designer Renan Yoshima, empresa DDWorks (clique aqui) especializada no que chama de "irreversível tendência" dos advogados para profissionalizar o layout dos conteúdos que produzem.

A empresa já produz e comercializa com sucesso os novos estilos de diagramação estratégica de textos, que aplica ao MS Word em arquivos disponíveis para download em seu website específico (clique aqui). E também personaliza in company para os grandes escritórios, abrindo com isso um marco histórico na estilização profissional dos textos produzidos pelos advogados em petições, contratos e demais peças.

De fato, o que se constata é que, na média, o advogado apenas deixou de utilizar a máquina de datilografia e passou a fazer a mesma coisa que fazia antes, porém, no computador. E a empresa se propõe quebrar este paradigma, elevando a comunicação do conteúdo para um novo patamar estratégico. "Estamos pondo terno e gravata nos conteúdos, porém, com tecidos e cortes atuais" diz Renan.

Outra comparação que costuma fazer a empresa é com os jornais, tais como o NY Times e a Gazeta Mercantil, que resistiram muito em alterar sua tradicional linha de textos massivos, e recentemente passaram a diagramar com mais leveza seus textos, facilitando a leitura e sua retenção.

"É a mesma coisa. As petições e contratos não precisam ser um amontoado de letras e palavras importantes, mas podem ser tudo isso, porem, agradável de ler. E mais valorizado pelo cliente e pelo juiz".

______________

______________

patrocínio

Bradesco VIVO

últimas quentes