Sábado, 23 de março de 2019

ISSN 1983-392X

AMB propõe Fórum permanente de Administração Judiciária

O presidente na AMB, desembargador Cláudio Baldino Maciel

terça-feira, 16 de novembro de 2004

AMB propõe Fórum permanente de Administração Judiciária

O presidente na AMB, desembargador Cláudio Baldino Maciel, propôs na última sexta-feira ao presidente do STF, ministro Nelson Jobim, no encerramento do Fórum de Administração Judiciária em Brasília, que ele seja permanente.

A idéia é assegurar o debate contínuo de técnicas e métodos de administração em tribunais, varas e cartórios, com o objetivo de agilizar a prestação dos serviços à população. O ministro Jobim concordou prontamente, salientando a necessidade da busca pela eficiência.

“Um processo só se justifica pela perspectiva de sua eficiência”, disse ele, para quem a credibilidade do Poder Judiciário está embasada neste parâmetro. “Ninguém aplaude a eficiência, pois ela é nossa obrigação, mas todos sentem a ineficiência”, complementou Jobim.

O presidente do STF fez a conferência de encerramento do Fórum. O evento foi promovido pela AMB e pelo STF, com apoio do Colégio de Presidentes dos Tribunais de Justiça e do Colégio de Presidentes e Corregedores dos Tribunais Regionais Eleitorais.

O Fórum reuniu por três dias em Brasília 13 presidentes de TJs, mais de 20 presidentes e representantes de TRTs, ministros das cortes superiores, parlamentares, diretores de escolas da magistratura, juízes e juízas de todo o país.

A iniciativa, inédita na história da AMB e do STF, faz parte da campanha da Associação pela efetividade do Poder Judiciário, que em março passado apresentou 17 propostas ao Congresso Nacional para alterar o Código Civil e agilizar, assim, a tramitação dos processos. Pelo menos 13 delas foram encampadas por senadores e deputados, que as apresentaram na forma de projetos de lei.

O foco da campanha, agora, é a administração da justiça como um todo. Além do Fórum em caráter permanente, a AMB está lançando no próximo ano, juntamente com a Escola Nacional da Magistratura e a Fundação Getúlio Vargas, um curso de Mestrado em Poder Judiciário, com forte ênfase na gestão de qualidade.

_________

 

patrocínio

Bradesco

últimas quentes